sábado, 9 de julho de 2016

Dominante, São Domingos impõe ritmo forte e atropela Dionízio

Lance de ataque do São Domingos/Simão Ford na goleada contra o Dionízio FC
Foto: Juliano G. Pereira / TNRB

Foi uma partida atípica do que está acostumada a ser os clássicos pela Copa Golden Master e o que pode-se ver, foi uma equipe dominante e com toque de bola refinado.


Assim se resume o que foi a partida entre SE São Domingos/Simão Ford e Dionízio FC pela rodada de número 3 da categoria na tarde desse sábado 09/07 no estádio Silvio de Magalhães Padilha.

O jogo

Logo aos dois minutos de bola rolando, o São Domingos abriu contagem com Cabeça, após receber ótimo passe em profundidade na grande área pelo lado esquerdo e finalizar rasteiro no canto direito de Nil.

Concentrado em trabalhar o toque de bola, sua arma principal, os comandados de Banana ampliaram aos trinta e um minutos com Claudinho, após aproveitar o rebote do chute de Cabeça que parou na zaga, e acertar o canto esquerdo de Nil que colaborou, espalmando para dentro da própria meta, jogada essa que começou após Nei desperdiçar chance clara cara-a-cara com André e o arqueiro fazer lançamento longo pra Cabeça que iniciou a jogada do gol.

Cris (na bola) faz cruzamento pra dentro da grande área do São Domingos
Foto: Juliano G. Pereira / TNRB

Já no finalzinho da etapa, aos quarenta e um minutos, o ataque do São Domingos funciona bem e após bela trama, Claudinho desce em velocidade pela direita, chega na linha de fundo e cruza para Cabeça, dou outro lado do campo ajeitar com precisão para a chegada de Maurício, que livre de marcação disparou um "balaço" no canto esquerdo, indefensável para Nil.

Ainda na etapa inicial, o goleiro auri-negro executou duas defesas dificílimas em chute fortíssimo de Claudinho no centro do gol aos quarenta e dois minutos e em cabeceada venenosa de Tiziu no canto direito do arqueiro que se redimiu da falha.

Na segunda etapa, logo aos cinco minutos, Claudinho volta a infernizar a zaga do Dionízio, após boa investida do meia em velocidade pela direita do campo de ataque, chegando na linha de fundo e cruzando para Cabeça, livre de marcação na marca penal, bater a meia altura pra fora pelo lado direito da meta de Luis Fernando que acabara de entrar no lugar de Nil, desperdiçando ótima oportunidade de ampliar ainda mais o marcador.

Como a recíproca é verdadeira, quem não faz, toma, e foi o que aconteceu com o São Domingos ao ver Elias que entrou no lugar de Kiko lesionado, descer em velocidade pelo lado direito do campo de ataque, chegar a linha de fundo e cruzar na medida para Chiquita, no terceiro poste bater de pé direito no canto direito de Farley que substituiu André, diminuindo o marcador.

Marquinhos Da Barra faz bela jogada individual pelo centro do campo, se livra da marcação e dispara chute forte acertando o travessão após desvio de Luis Fernando e no rebote, Claudinho aparece sozinho, livre de marcação para tocar na saída do arqueiro, rasteiro no canto direito e marcar o quarto do alvi-rubro do Jd. Godoy.

Kiko faz proteção da bola na derrota do Dionízio para o São Domingos
Foto: Juliano G. Pereira / TNRB

O Dionízio não se dá por vencido e parte em busca de diminuir o marcador quando aos vinte e seis minutos da etapa complementar, Chiquita cobra escanteio e Nei aparece no terceiro poste sozinho para escorar de cabeça e diminuir o marcador.

Da Barra mais uma vez fica livre de marcação em frente a meta do Dionízio, e aproveita o vacilo de Zé Neves que saiu jogando errado e disparar chute de fora da área e acertar o canto direito de Luis Fernando e marcar o quinto do São Domingos aos trinta e um minutos.

No minuto seguinte, aos trinta e dois, Nei que havia marcado seu gol na partida e desperdiçado ótima chance na etapa inicial, deixou o gramado após ser expulso pelo árbitro da partida Ricardo Fabris Fontes, após o volante ter desferido um ponta pé no meia Claudinho que estava caído, fora do lance de jogo, complicando ainda mais a situação do Dionízio que não conseguia se encontrar na partida.

Já no apagar das luzes, o experiente Nescau faz ótima troca de passes pelo lado esquerdo do campo de ataque e disparou em velocidade entrando na grande área e tocando com categoria por cima de Luis Fernando que saiu do gol para tentar evitar mais um gol do São Domingo, porém a tentativa foi em vão e o placar se encerrou coma um goleada atípica.


Nenhum comentário:

Postar um comentário