domingo, 25 de junho de 2017

Inspirado, Dodô marca duas vezes e Vitória derrota Corinthians

Por Juliano Pereira
Lance de ataque da equipe do Vitória diante da equipe do Corinthians
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru

Equipe do Jardim Vitória venceu o Corinthians com propriedade e se manteve na terceira colocação enquanto o Alvi-Negro do Jardim Prudência conheceu sua segunda derrota.


Invicto até esbarrar no líder e imparável Independência, o Corinthians do técnico Sebastião Alves conheceu na manhã desse domingo sua segunda derrota na disputa da primeira divisão da Liga Bauruense, ao ser superado pelo EC Vitória pelo placar de 3 a 0 jogando na partida de fundo do estádio Silvio de Magalhães Padilha, na Vila Giunta com arbitragem de Paulo Henrique de Almeida.

O jogo

Derrotados na rodada anterior pelo Independência e Nacional, Corinthians e Vitória respectivamente buscavam a reabilitação na competição para se manterem com folga na briga pela classificação a segunda fase, embora a disputa esteja chegando ao final do primeiro turno, cada ponto somado se torna necessário, se tratando de uma competição com o nível equilibrado.

Os primeiro minutos do duelo  foram balanceados, com ambas equipes chegando com mais facilidade a meta, colocando os arqueiros para trabalharem.

Jogador do Corinthians recebe marcação no duelo desse domingo no Padilhão
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru

O primeiro a assustar foi o ataque Corinthiano, que chegou com muito perigo após Pirajuí invadir a grande área pelo lado direito e disparando chute forte que acertou o travessão do arqueiro André e no rebote, Malaquês cabeceia no alto, mas a zaga intercepta e afasta o perigo aos oito minutos.

Não demorou e a resposta do Vitória veio com gol do artilheiro da equipe Dodô em cobrança de pênalti cometido pelo zagueiro Jonathan do Corinthians que tocou a bola com a mão dentro da área. Na cobrança, o camisa nove bateu no centro do gol com segurança para abrir o marcador aos dezoito minutos.

O Corinthians ficou muito próximo de igualar o marcador ao menos em três tentativas e só não converteu em gol graças as defesas sequenciais do arqueiro André.

Após o gol, a partida ficou parelha com as equipes trocando contra-ataques que esbarravam nos sistemas defensivos bem postados. O resultado se manteve até o término do período com o triunfo parcial do Vitória.

No segundo tempo, o Vitória voltou com mais iniciativa no jogo, pressionando no campo de ataque com investidas rápidas dos jogadores de frente, porém o primeiro susto partiu da equipe do Corinthians que em cobrança de falta perigosa, obrigou André a espalmar pra escanteio e evitar o  gol de empate.

A exemplo do primeiro tempo, o Vitória respondeu com gol, após Chapelica receber passe pelo lado esquerdo no campo de ataque e lançar Tiaguinho, dentro da grande área, que se livrou da marcação e bateu rasteiro no contrapé do goleiro Costela para ampliar o marcador aos dezoito minutos da etapa complementar.

O sacramento veio aos vinte e oito minutos, após cobrança de escanteio, a bola foi alçada na área e Dodô, livre de marcação escorou de pé direito, rasteiro, para fazer o terceiro do Vitória e selar o placar da partida.

Com o triunfo, o Vitória foi a 23 pontos e aparece na terceira colocação do certame enquanto o Corinthians, permaneceu com 15 pontos e passou a ocupar a sexta colocação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário