terça-feira, 12 de setembro de 2017

Prefeito acata pedido e Copa Semel tem rodada cancelada

Redação Tá na rede Bauru

Organização cancela rodada da Copa Semel a pedido do Ministério Público após fatos lamentáveis na rodada passada.


A segundarodada da terceira fase da Copa Semel que aconteceria no próximo domingo,17, está cancelada conforme informação do organizador da competição Ubiratan Silva.

Além da rodada, a reunião com os 20 clubes participantes da competição que estava marcada para as 19h da próxima quarta-feira na ITE (Instituição Toledo de Ensino) para tratsr de assuntos relacionados ao campeonato, também foi cancelado pelo Secretário e ainda não tem data definida para acontecer.


Cenas Lamentáveis


Dois fatos tristes marcaram a abertura da terceira fase da Copa Semel, onde deixa nítido que o futebol amador de Bauru caminha a passos largos para seu final.

Na partida de fundo do estádio Horácio Alves Cunha, no Jardim Bela Vista duelavam Comercial, atual campeão e, o 100% Gasparini, quando por motivos a serem esclarecidos, houve disparos de arma de fogo nas arquibancadas e o desespero tomou conta dos torcedores que estavam no local, causando tumulto e correria. No local estavam muitas mulheres com crianças que buscavam evacuar o local para se protegerem de uma possível tragédia. A partida foi encerrada aos 18 minutos da segunda etapa pelo Árbitro Ubiratan Fernando Pereira da Costa após Gersinho marcar o gol pera o 100% Gasparini e igualar o pacar que foi aberto pelo centroavante e artilheiro da competição, Papelão.

O outro ocorrido foi na partida de fundo do estádio Mirante Ferroviário no duelo entre Geisel FC e EC Beija-Flor. André Aparecido Rodrigues alegou ter recebido ameaças do diretor Butti do Geisel antes do início da partida.

Com a partida já em andamento, dois atletas form expulsos de campo pelo árbitro, trata-se dos zagueiros Tiziu, do Geisel e Gustavo do Beija-Flor, aos 25 minutos da etapa inicial. O Geisel saiu na frente do marcador aos 42 minutos em cobrança de falta do meia Hudson e na sequência, antes do reinicio da partida, Nescau, técnico do Beija e ex-atleta de maneira descontrolada acabou desferindo dois socos contra o lateral-direito Dê do Geisel e a partida se encerrou aos 43 minutos por falta de segurança.

 Dessa maneira fica claro que a qualquer momento, as competições poderão ser interrompidas por tempo indeterminado caso haja intervenção do Ministério Publico, fazendo com que acabe a única diversão de muitas famílias aos fins de semana na cidade de Bauru.


Nenhum comentário:

Postar um comentário