PESQUISE

Caça ao Indepa: Principal competição de futebol da cidade, dá ponta-pé inicial neste domingo

Postado em 07 de março de 2014, sexta-feira, às 20:12



Na manhã deste domingo (09/03), vinte equipes darão o pontapé inicial na temporada de 2014 da 1ª divisão da Liga Bauruense de Futebol Amador.

A principal competição da cidade, que terá oito novos integrantes, tem tudo para ser muito equilibrada entre 18 agremiações, com exceções feitas a Independência e Comercial, atual campeão e vice e franco favoritos ao título, que prometem travar uma batalha à parte entre si.


Habitualmente como nos anos anteriores, sempre desponta alguma equipe como surpresa do campeonato. Ano passado, o Clube Atlético Falcão da Vila Giunta chegou até as semifinais e ficou com o 4º lugar de forma geral. Entretanto, devido ao seu único ato falho em toda temporada, o time não poderá disputar a edição deste ano porque cumprirá suspensão por conta da sua eliminação.

Quem também apareceram como gratas surpresas, foram a AA Leão XIII, que assegurou a 5ª colocação de forma geral, seguida do Barcelona FC e do Fortunato FC, que ficaram na 6ª e 7ª posição respectivamente. Porém, o time auri-negro do Fortunato Rocha Lima, licenciou-se da LBFA e também se ausentará.

Aquém da esperada, foi a campanha realizada por Jaraguá e Ouro Verde; equipes campeãs de Bauru que ficaram na 18ª e 19ª colocação respectivamente. Posições estas que confirmaram a queda dos times à segunda divisão. Porém neste ano, por motivos excepcionais, ambos estarão novamente na divisão de elite.

80º campeonato

Esta será a 80ª edição de uma competição amadora organizada por uma Federação/Liga na cidade de Bauru. Fundada em 1931 com o nome de Federação Bauruense de Futebol, a atual Liga Bauruense de Futebol Amador somente não realizou competições nos anos de 1937, 1938 e 1943.

Independência FC - Campeão 2013
Foto: arquivo TNRB


Organizações do Futebol Amador

De 1931 até 1933, a Federação Bauruense de Futebol foi a primeira organização responsável pela realização das partidas do futebol amador. De 1934 a 1939, a então FBF alterou o nome para LBE (Liga Bauruense de Esportes). 

De 1940 até 1965, existiu a Liga Bauruense de Futebol (LBF). Desde o seu primeiro ano, a entidade manteve até 1946 duas competições paralelas; o Campeonato Varzeano (1940 até 1946) e o Campeonato Municipal (1940 até 1965).

Já em 1966 a nomenclatura foi alterada para 'Liga Bauruense de Futebol Amador', que desde então vem sendo mantida.

Ao longo destes quase 83 anos, 36 equipes diferentes já levantaram o troféu de campeão, com destaques para o EC Noroeste, maior vencedor com 14 títulos; e Parquinho, em segundo, com nove. 

Em seguida vem o Fortaleza AC com sete títulos e Bauru AC (antigo Luzitana FC) com seis. ARCA, CR Ordem e Progresso e Independência com três títulos cada, vêm na 5ª posição de maiores vencedores.

Dos outros campeões, ACCO, Corinthians, Cruzeiro, Ferroviário, Juventude Petrópolis, Ipiranga, Leônico, Sanbra, Triagem, Nacional e Redentor possuem dois títulos cada. 

E com um troféu faturado, aparecem Auto Shell, Canto do Rio, Cooperativa da NOB, DERAC, Estrela, Flamengo, Fluminense, Ginásio Guedes de Azevedo, Meia-Lua, Ouro Verde, AD Polícia Militar, Rui Barbosa, SAMS, São Francisco, Turini e Unidos do Bauru XVI.

11 títulos em competição


Dos vinte times componentes desta edição, seis já foram campeões, conforme citado acima. Dentre eles, o maior vencedor é o Independência, que possui três (2002, 2010 2013), e que agora lutará pelo tetracampeonato (bi consecutivo).

O tradicional Nacional da Vila Cardia (1969 e 1971), o reestreante Petrópolis, (em parceria com o Juventude - 2007 e 2009) e o ascendente Corinthians (1992 e 2003); possuem dois títulos cada. Somando 'apenas' um título, vêm Ouro Verde (2004) e o Unidos do Bauru XVI (2008).

Fora os títulos, Independência, Nacional, Corinthians e Unidos do Bauru XVI, também possuem ao menos um vice-campeonato em sua trajetória.

O Indepa por exemplo, caiu nas finais de 1988 e 1989 para o Parquinho, e em 2004 para o Ouro Verde. O Nacional foi superado nos 1997 e 2010 por Cruzeiro e Independência respectivamente. Em 1998 o Corinthinha sucumbiu diante do Cruzeiro enquanto em 2011, o BXVI perdeu para o Industrial.

Além destas equipes, outros que também chegaram à final e 'bateram na trave', foram o Barcelona, nos anos de 2003 (Corinthians) e 2005 (Ipiranga); Jaraguá, em 2000 (Turini) e 2001 (Ordem e Progresso); Santos, em 2008 (Unidos do Bauru XVI); e o Comercial em 2013 (Independência).

2014 - Mais de seis meses de campeonato

Com início em 09 de março, a competição tem data prevista para terminar em 28 de setembro. Ao todo, serão 30 datas diferentes (todas aos domingos) e 237 jogos realizar-se-ão ao longo de seis fases.

Com uma pequena diferença com relação ao ano passado, o sistema de disputa este ano traz de volta a emoção do mata-mata.

Na 1ª fase, os dez times distribuídos no grupo A, enfrentarão em turno único os dez times do grupo B. Ao final desta etapa, os primeiros colocados de cada chave, se enfrentarão em partida única na Final do 1º turno, batizada de 'Taça Cidade de Bauru'.

Na 2ª fase, os dez times dos grupos A e B, se enfrentarão dentro de suas próprias chaves, também em turno único. Ao final desta etapa, os quatro últimos colocados na pontuação geral, serão rebaixados à 2ª divisão da Liga Bauruense no ano de 2015.

Na 3ª fase, os 16 clubes restantes serão divididos em quatro grupos de quatro times cada, em que as agremiações do grupo C enfrentarão os adversários do grupo D, enquanto os clubes do grupo E, enfrentarão os times do grupo F.

Avançarão às quartas de final os dois melhores de cada grupo, quando aí então começarão os mata-matas que se estenderão até a grande final.

Confira abaixo as datas respectivas a cada etapa do campeonato:

1ª fase - de 09 de março até 11 de maio;
Final do 1º turno - dia 18 de maio;
2ª fase - de 25 de maio até 20 de julho;
3ª fase (Oitavas de Final) - de 27 de julho até 17 de agosto;
4ª fase (Quartas de Final) - dias 24 e 31 de agosto;
5ª fase (Semifinal) - dias 07 e 14 setembro;
6ª fase (Final) - dias 21 e 28 de setembro.

500 pessoas diretamente ligadas ao campeonato

Complexo Mary Dota X Santa Cândida - 2013
Foto: arquivo TNRB

Serão em média 500 pessoas fichadas na Liga Bauruense representando os 20 clubes, sendo destes, 400 jogadores. Serão também 21.330 minutos de bola rolando, que é o equivalente a 1.279.800 segundos; mais de 14 dias, e 355 horas e meia de jogos de futebol.

Contudo, os primeiros 900 minutos representantes das dez primeiras partidas, serão os seguintes: 

O Império FC da Vila São Manoel (14º de 2013), enfrentará o Galo da Cardia, o Nacional AC (8º colocado de 2013) na partida preliminar do distrital Silvio de Magalhães Padilha. Às 10:10, o campeão de 2004, AC Ouro Verde (19º de 2013) jogará diante do Gigante da Zona Oeste, o Independência FC (atual campeão).

No distrital José Carlos Galvão de Moura, Jaraguá AC (18º de 2013) e Barcelona FC (6º de 2013), farão o dérbi do Parque Jaraguá às 08:10. No jogo de fundo, o Tigre vice-campeão do ano passado, Comercial EC, fará o duelo diante do reestreante CA Parque das Nações.

Jaraguá x Barcelona - 2013
Foto: arquivo TNRB

No Jardim Redentor, Petrópolis x Juventus e Unidos do Bauru XVI e Nobuji, se enfrentarão no distrital Nelson Reginato do Canto. Às 08:10, o Petrópolis, bi-campeão da competição, está de volta ao campeonato após alguns anos licenciado; enquanto o Juventus (16º de 2013), fará apenas a sua segunda participação na elite. Mais tarde, às 10:10, o campeão da edição de 2008, Unidos do Bauru XVI (9º de 2013) enfrentará o também reestreante Nobuji FC, do Núcleo Nobuji Nagasawa.

No distrital Toninho Guerreiro, no Mary Dota, o vice-campeão da 2ª divisão de 2013, Santa Cândida FC fará o inédito duelo da Zona Oeste frente ao vice-campeão da primeirona de 2008, o Santos FC da Vila Industrial (13º de 2013); ás 08:10. Às 10:10, AA Leão XIII (5ª de 2013), que nunca foi rebaixada em mais de 20 anos de disputa, jogará diante do SC Corinthians da Vila Nova Esperança, que fará sua reestreia na primeirona da LBFA.

Leão XIII x 100% Gasparini - 2013
Foto: arquivo TNRB

Finalmente no distrital Horácio Alves Cunha, o 100% Gasparini, da Torcida Terra do Nunca (11º de 2013), fará sua estreia em sua segunda participação na primeirona ao encarar o CA Boca Juniors do Jardim Bela Vista; time convidado de última hora para compor a 1ª divisão após a desistência do Fênix e que reestreará após cinco anos na divisão inferior; às 13:30.

No jogo de fundo, às 15:30, o caçula dentre todos os participantes e que chega com o status de campeão da segundona do ano passado, Complexo Mary Dota, terá pela frente o também ascendente EC São Geraldo, time da Zona Norte e sensação da mesma edição da 2ª divisão, que chega sem favoritismo para debutar na principal competição do futebol amador da cidade de Bauru.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.