PESQUISE

Unidos e Águia fazem jogo equilibrado e mantêm invencibilidade na Golden Master

Postado em 02 de março de 2014, domingo, às 11:06

Foto: Edielson Pereira/TNRB

Fazendo partida isolada deste final de semana, Unidos do Nove de Julho e Águia se enfrentaram na tarde deste sábado (01/03) no Padilhão pela segunda rodada da primeira fase da Copa Golden Master.

Ambas equipes deveriam ter se enfrentado há duas semanas atrás, no dia 15 de fevereiro. Porém, por conta do falecimento do diretor da equipe do Unidos, o jogo foi cancelado e teve a sua data remarcada.

O jogo em si, que aconteceu às 15:10, foi arbitrado por Milton Porto que foi auxiliado por Geraldo Martins Francisco Filho e Ubiratan Fernando Pereira Costa.

Com a bola rolando, os times fizeram um jogo muito equilibrado e de poucos lances reais de gol. Com a bola 'presa' no meio-campo, o Unidos detinha maior posse de bola enquanto o Águia tentava investidas em contra-ataques rápidos.

A primeira boa chance de gol do Águia na partida aconteceu aos 15 minutos com o atacante Ademir. O camisa 11 foi lançado por Mauricio na entrada da grande área e contou com a falha do zagueiro Marcio. Ademir dominou e bateu cruzado, mas a bola saiu pela esquerda do gol defendido por Preto.

Aos 42 foi a vez do Unidos responder em contra-ataque e quase conseguir abrir o placar da partida. Geléia recebeu lançamento pelo meio, ganhou da marcação de Aldo, avançou com a bola dominada e bateu de bico da entrada da grande área. A bola saiu por cima do travessão.

Ainda antes do fim da primeira etapa, o Águia atacou novamente e levou muito perigo em finalização de Ademir. Mauricio cobrou lateral próximo a linha de fundo pelo lado direito para Grainha. O jogador dominou e serviu ao atacante camisa 11, que recebeu de costas pro gol e bateu virando sobre a marcação. A bola saiu pelo lado esquerdo do gol balançando a rede externa; aos 45 minutos.

Foto: Edielson Pereira/TNRB

No segundo tempo, o Unidos começou melhor e chegou ao seu gol com Lela em bela cobrança de pênalti convertida no contra-pé do goleiro Binho, fazendo 1x0 logo aos seis minutos.

O Águia reagiu e aos 16 minutos Nê empatou a partida em outra penalidade máxima assinalada por Milton Porto. O camisa 19 bateu de pé esquerdo no canto esquerdo do goleiro Preto, que até pulou no canto certo, mas não conseguiu alcançar a bola.

O time comandado pelo técnico Altair ainda continuou pressionando o adversário em busca do gol da virada. Entretanto, o Unidos conseguiu segurar a pressão e ainda quase voltou à frente do marcador em finalização de Rogê.

O camisa 10 arriscou chute cruzado da intermediária pela direita e quase surpreendeu o goleiro Binho, que observou a bola saindo rente ao travessão em direção à linha de fundo, aos 32 minutos.

O placar então ficou inalterado e encerrou-se em 1x1, com a queda dos últimos '100%' da competição, porém com suas respectivas invencibilidades mantidas.

Com este ponto somado, o Unidos que vinha de vitória por 3x1 sobre o Sindivigilância, chegou ao seu sétimo ponto na Copa e subiu do 5º para o 4º lugar da classificação.

Já o Águia, que venceu na semana passada o Botafogo por 3x0, também chegou a sete pontos e ganhou duas posições na tabela de classificação. A equipe alvi-celeste subiu do 4º lugar para a vice-liderança, com campanha idêntica ao do líder Parquinho.

Na próxima rodada, o Águia voltará a campo para enfrentar o Redentor na partida preliminar do EM Luiz Edmundo Coube, enquanto o Unidos do Nove de Julho jogará diante do Parquinho, no distrital Horácio Alves Cunha, também às 13:40.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.