Parceiro

Noroeste joga mal, faz sua pior apresentação e perde para o Rio Preto em casa na série A-3


Marcão (Noroeste) em divida de bola com adversário
Foto: Bruno Freitas/EC Noroeste

Vindo de derrota para o São José FC na última quarta-feira fora de casa, o Noroeste voltou ao estádio Alfredo de Castilho às 17:00hs deste sábado (12/03) para encarar o embalado time do Rio Preto.

Diego Kami Mura deixou o comando interino da equipe que teve a reestreia do técnico Vitor Hugo, reapresentado na sexta-feira antecedente ao jogo.

A partida começou e nos dez primeiros minutos o Noroeste tomou a iniciativa, explorando algumas jogadas pelo lado direito. Com alguns erros de passe, o Rio Preto aos poucos foi aproveitando as brechas e começou a contra-atacar buscando alguns lançamentos nas duas pontas.

O time visitante adiantava a marcação e pressionava a saída de bola alvirrubra, que demonstrava fragilidade no poder ofensivo e na recuperação da posse de bola.

Aos 24 minutos Everton teve a primeira boa chance de gol para o time da casa. Ele recebeu passe na meia-lua, limpou a marcação mas bateu prensado sobre a zaga rio-pretense.

Aos 29 o Rio Preto respondeu com perigo, após cruzamento vindo da esquerda na segunda trave, Caio ajeitou de cabeça na marca do pênalti para Jonatas Obina que de frente para a meta chutou por cima do travessão. Em seguida, Roni fez uma difícil defesa ao espalmar para o lado chute forte de fora da área a meia altura.

A pressão e impaciência da torcida foi aumentando pela falta de garra demonstrada por parte da equipe alvirrubra. 

Aos 32 Alemão cobrou falta e chutou muito acima da meta do goleiro Juliano. Aos 33, Marcão recebeu passe de Marcelo Santos, adiantou e bateu rasteiro de pé esquerdo. Aos 34, Everton recebeu ótimo passe aberto e cruzou nas mãos do goleiro.

Estas porém, foram as últimas investidas alvirrubras na etapa.

Depois de saída errada de Roni em cruzamento vindo da esquerda, o lateral Caio finalizou sobre Octávio e a bolça saiu pela linha de fundo, gerando escanteio para o adversário. A cobrança foi feita, o lance seguiu até cair nos pés de Jonatas Obina que bateu forte rasteiro para dentro da área onde estava o zagueiro Marcio Garcia para desviar no meio do caminho para o fundo do gol noroestino. 1 a 0 Rio Preto aos 36 minutos.

A primeira etapa findou-se e as vaias da torcida aos jogadores entoaram em bom som no estádio.

Neste intervalo, o técnico Vitor Hugo promoveu as entradas de Guilherme e Tuxa nos lugares de Octávio e Victor Matheus respectivamente.

No reinício de partida, logo aos oito minutos, Tuxa foi lançado dentro da grande área e bateu forte de pé esquerdo em cima do goleiro adversário, quase empatando a partida para o time da casa.

Aos 17 veio o golpe fatal. Jonatas Obina gingou sobre a marcação dentro da grande área, cruzou na marca do pênalti para Ermínio, que totalmente livre de marcação cabeceou no canto esquerdo de Roni e fez o segundo do Jacaré, para festa da torcida adversária presente no Alfredão.

Em seguida o Norusca promoveu a entrada de Vitor Visa no lugar de Ueslei.

Ueslei em jogada pela esquerda de frente à marcação do Rio Preto
Foto: Bruno Freitas/EC Noroeste

O Rio Preto continuou determinando o ritmo da partida. Aos 28 minutos, Vitor Visa recebeu passe dentro da grande área e bateu de pé direito pra fora, sem oferecer perigo ao gol adversário.

Aos 31 quase que Rio Preto amplia em cruzamento vindo da direita e Jonatas Obina por pouco não alcançou com carrinho dentro da grande área.

Com 37, Vitor Visa desperdiçou três vezes seguida a oportunidade descontar o marcador para o Noroeste. Ele recebeu passe aberto na esquerda livre de marcação, demorou para dominar a ajeitar e bateu em cima do goleiro. O rebote voltou para o atacante que chutou novamente sobre o arqueiro e na terceira vez com a posse de bola, rolou para trás para Tuxa que chutou sobre a marcação.


O Rio Preto então "cozinhou" o jogo administrando a sua superioridade até o apito final para somar mais três pontos e manter-se firme rumo à classificação para a segunda fase.

Com esta vitória alviverde, o time chegou aos 28 pontos e assumiu a vice-liderança da competição ao final da rodada. O Norusca estaciona nos 13 e entrou na zona de rebaixamento à série B do Campeonato Paulista ocupando o 16º lugar.

Na rodada seguinte, a Maquininha Vermelha voltará a campo para enfrentar a Inter de Limeira na quarta-feira (16/03) às 20:00 no estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira e o Rio Preto por sua vez enfrentará o Flamengo em Guarulhos no mesmo dia às 15:00.

Escalação:

Noroeste: 1 - Roni, 2 - Victor Matheus (17 - Tuxa), 4 - Rafael Pontoli, 3 - Marcão Vieira, 7 - Ueslei (18 - Vitor Visa), 5 - Rafael Olinto, 8 - Alemão, 10 - Marcelo Santos, 6 - Octávio (14 - Guilherme), 11 - Éverton, 9 -Marcão. Técnico: Vitor Hugo.

Rio Preto: 1 - Juliano, 2 - Caio, 3 - Márcio Garcia, 4 - Fabão, 5 - Willian, 6 - Wanderson, 7 - Dudu (16 - Giovanni), 8 - Felipe, 10 - Joanatas (18 - Elionar Bombinha), 11 - Ermínio (17 - Wendell), 19 - Jonatas Obina. Técnico: Betão Alcântara.

Jogos da rodada:

12/03 - sábado

10:00 - Limeira
Estádio Comendador Agostinho Prada
Guaratinguetá (18º) 0x2  São José FC (13º)

10:30 - Catanduva
Estádio Silvio Salles
Catanduvense (4º) 1x1  Primavera (17º)

15:00 - São Paulo
Estádio Nicolau Alayon
Nacional (8º) 0x1  Flamengo (5º)

16:00 - São José dos Campos
Estádio Dr. Mário Martins Pereira
São José EC (14º) 2x1  Grêmio Osasco (6º)

16:00 - Ribeirão Preto
Estádio Dr. Palma Travassos
Comercial (15º) 2x2  Itapirense (12º)

17:00 - Bauru
Estádio Dr. Alfredo de Castilho
Noroeste (16º) 0x2  Rio Preto (2º)

13/03 - domingo

10:00 - Matão
Estádio Hudson Buck Ferreira
Matonense (7º) 2x0  Fernandópolis (19º)

10:00 - Olímpia
Estádio Maria Tereza Breda
Olímpia (11º) 0x0  São Carlos (3º)

15:00 - Indaiatuba
Estádio Ítalo Mário Limongi
Atibaia (1º) 1x0  Sertãozinho (9º)

16:00 - Barueri
Arena Barueri
Grêmio Barueri (20º) 1x3  Inter de Limeira (10º)



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.