PESQUISE

Para sequência da Copa SEMEL, Beija-Flor anuncia chegada de novos reforços com bagagens profissionais


Diego DH, de uniforme claro, na sombra da marcação de Deco,
quando atuava pelo Sampaio Corrêa-RJ
Foto: arquivo pessoal

Engana-se quem pensou ou pensa que a derrota sofrida no último domingo (10/04) por 3 a 0 para o Comercial (a sua primeira até aqui) pela 6ª rodada da Copa SEMEL tenha, de alguma forma, abalado a equipe do Beija-Flor.

Reestreante na temporada de 2016 da competição, o time que carrega dois títulos conquistados nos anos de 2011 e 2012 (e tetra-campeão levando em consideração as conquistas de 2010 da UEFAB e 2009 da Liga Regional (este último em parceria com o Laranjeiras)) anunciou a chegada de mais um combo de jogadores; todos com passagens por equipes profissionais.

O primeiro deles, Christian, é atacante/centroavante e tem 22 anos de idade. Em 2015 o atleta disputou a série B do Campeonato Capixaba defendendo a equipe do Vilavelhense; da cidade de Vila Velha, no Espírito Santo.

Já Pedro Henrique, popularmente chamado de Pedrinho, é zagueiro e tem 27 anos de idade. Tem a vivência de ter jogado em pelo menos cinco Estados do Brasil. De 2005 pra cá, o atleta passou por Nacional de Rolândia-PR (2005 e 2006), Morrinhos-GO (2009), Marília (2009 e 2012), Araguaína-TO (2010), Mineiros-GO (2010), Santacruzense (2011 e 2013), Sete de Setembro-MS (2013), Velo Clube de Rio Claro (2014) e Iporá-GO (2015 - onde foi 3º colocado da 2ª divisão do Estado).

Diego Manfio, zagueiro de 28 anos chega ao time da Zona Leste após passar por equipes do Estado de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Sergipe (onde jogou a Copa do Brasil) e até mesmo Portugal.

O jogador começou nas categorias de base do PSTC de Cornélio Procópio-PR (2001 até 2003), União Bandeirante-PR (2004) e Cianorte-PR (2005). Atuando profissionalmente o atleta defendeu as camisas do União Bandeirante-PR (em 2007), Cianorte (2008), Internacional de Porto Alegre (2009), Porto-SC (2010), Matonense (2011), Feirense-POR (2012), Assisense (2013 e 2015), Conilon-ES (2014) e Amadense-SE (2015 - quando disputou o torneio nacional).

Thiago Assis, volante, campeão pela série C do Brasileiro com Tupi-MG
Na imagem, ele veste o uniforme do Assisense
Foto: divulgação
Já o quarto reforço trata-se do volante Thiago Maschietto, de 27 anos, mais conhecido por Assis. Natural daquela cidade, o jogador tem um bom período de sua carreira vivido na cidade de Juiz de Fora-MG onde, defendendo as cores do Tupi, sagrou-se campeão do Campeonato Brasileiro da série D, trabalhando com Luciano Ratinho (ex-Corinthians) ao seu lado no elenco, que foi comandado pelo técnico Ricardo Drubscky (ex-técnico de Atlético-PR, Goiás, Vitória-BA, Fluminense, entre outros). 

Posteriormente, o atleta jogou também a série C da competição nacional em 2012; mesmo ano em que faturou junto do Galo o título de campeão do Interior do Campeonato Mineiro.

Antes de atuar profissionalmente em 2007, Assis jogou nas categorias de base do Cruzeiro e Atlético Mineiro. Já naquele ano, o volante jogou no Guarani de Divinópolis-MG e Grêmio de Jaciara-MT. Em seguida passou por Uberlândia-MG (2008), América de Rio Preto (2009), Tupi-MG (de 2010 à 2013), Assisense (2014) e Sinop-MT (2014).

Outro que está acertado, mas é desde o começo do ano, é o meia esquerda Diego DH (ex-Geisel). O atleta, também profissional e de 28 anos, está se recuperando de cirurgia no menisco e cartilagem do joelho direito:

"Ainda não estou jogando porque estou me recuperando da cirurgia. Fiquei dois meses sem andar. Eu já havia operado, mas não ficou bom e operei de novo. Mas graças a Deus está ficando legal, já estou ficando bem. Acredito que mais dois meses seja minha previsão de retorno." destaca.

DH em atuação pelo Volta Redonda-RJ (à direita)
Foto: arquivo pessoal

Pelo amador bauruense, DH jogou por Redentor (em 2010 - quando foi vice-campeão perdendo curiosamente para o Beija-Flor; e também no ano de 2014), além do Geisel, em 2015; ficando entre os quatro melhores da competição. Além disso, Diego ganhou também em 2010 o prêmio de Troféu Ligado.

Nas categorias de base ele atuou pelos times do Ituano e Ponte Preta e também pelo Noroeste, clube em que se tornou profissional aos 17 anos. Já profissionalmente o meia jogou no CENE-MS e nos times cariocas do Sampaio Corrêa, Madureira, Volta Redonda e América. Em 2014, na sua última participação, ele integrou o plantel de jogadores do Ipatinga-MG.

"São acertos pontuais para a fase decisiva do campeonato, que vão ajudar o Beija a chegar bem na fase final." resume Alessandro Menudo, presidente da equipe do Beija-Flor.

A próxima partida do time, válida pela 7ª rodada da primeira fase, acontecerá no domingo (17/04) às 10:10 diante do líder 100% Gasparini; com a possibilidade de estreia de quatro destes cinco reforços anunciados.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.