PESQUISE

Sempre referência, Ressaca faz história ao estrear no Campeonato Paulista de Futsal



jogadores do Ressaca e técnico Pepê, primeiro à esquerda, antes do início da partida
Foto: Mara Yamamoto

A tarde do sábado (07/05) ficou marcada e entrou para a história de uma das mais consagradas equipes da cidade de Bauru: O Ressaca Futebol Clube.

A equipe, representada pela sua categoria sub-14, fez no ginásio do SESI do Horto às 15:00 a sua estreia na série A-3 do Campeonato Paulista de Futsal diante da representação de Araçatuba.

Dentre os jogadores selecionados para o início do confronto, um, ou melhor, uma, chamava a atenção: Luana. De camisa número oito e escalada para jogar na ala-esquerda, a garota foi para o combate em meio a adversários de basicamente a mesma idade e de estrutura corporal visivelmente superior. Mas nada disso a impediu de ir para o choque, dividir bola e suar a camisa pela equipe da Vila Giunta.

De acordo com as diretrizes da competição, é permitida a participação mesclada de meninos e meninas nesta categoria.

Ao lado dela, entraram em quadra o fixo Maycon, o ala-direita Lucas Nery, o pivô Matheus Dorsa e o goleiro Gabriel, um dos grandes destaques da partida; todos comandados pelo técnico Pepê.

O jogo

A equipe do Ressaca quase abriu o placar a 13 minutos do fim da etapa com Maycon, que em boa jogada individual pela esquerda chutou forte e obrigou o goleiro do Araçatuba a espalmar para escanteio.

Dois minutos após, o adversário respondeu com perigo mas parou na grande defesa de Gabriel.

Logo na sequência, Luana levou uma bolada no rosto e desfalcou a equipe no restante da etapa. Em seu lugar entrou Kenedy, que infernizou a equipe adversária.

De camisa número onze, o garoto foi o autor do primeiro gol de sua equipe após receber belo passe em profundidade pela esquerda e finalizar praticamente sem ângulo na saída do goleiro oponente. 1 a 0 Ressaca a quatro minutos do fim do primeiro tempo.

Dois minutos depois, Lucas Nery chutou forte no canto esquerdo do goleiro que evitou o segundo gol do time mandante.

Na segunda etapa, o Araçatuba já balançou a rede no reinício de jogo. Porém, o gol foi anulado por ter acontecido em finalização direta, sem um segundo toque na bola.

O Ressaca manteve por alguns instantes a pressão e buscava o seu segundo tento. O adversário então adiantou a marcação e deixou o jogo no famoso "lá e cá".

A 11 minutos do fim, Kenedy fez boa jogada pela esquerda e tocou para o pivô Matheus Dorsa que chutou forte no ângulo direito e o goleiro fez grande defesa.

Dois minutos depois o adversário chegou ao gol de empate em belo chute a média distância no ângulo esquerdo de Gabriel.

Quatro minutos depois, os visitantes viraram o marcador em cobrança de falta ensaiada, finalizada de forma rasteira no canto direito baixo de Gabriel.

Na sequência, o Ressaca chegou ao gol de empate com Lucas Nery, que aproveitou reposição errada da equipe adversária e bateu no ângulo.

Porém, a dois minutos do fim, a equipe de Araçatuba armou contra-ataque rápido e conseguiu fazer o seu terceiro gol e selar a vitória em sua estreia fora de casa.


Palavra do técnico

O técnico Pepê, ex-jogador da FIB Futsal, gostou da estreia apesar da derrota, e atribui o resultado negativo especialmente à falta de experiência de sua equipe em competições do Estado:



Apesar da ofensividade de sua equipe, o técnico rechaça que o goleiro adversário teve uma grande apresentação na partida e frisa a dificuldade dos seus jogadores em jogar em uma quadra acima dos padrões habitualmente utilizados:




Sobre Luana, Pepê reitera a força de vontade da atleta e do que ela representa no elenco do Ressaca:




Para a sequência no campeonato, o treinador reconhece a dificuldade em estudar os adversários para melhor elaboração de seu trabalho e que mesmo assim, buscará impor um perfil de jogo capaz de fazer os seus meninos conseguirem as primeiras vitórias já no turno do Estadual:




A equipe do Ressaca volta a quadra na tarde de hoje (14/05) para enfrentar o Fernandópolis fora de casa pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.