n':

PUBLICIDADE

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Ídolos do Noroeste realizam jogo solidário no Alfredão

Partida reunirá grandes atletas que passaram pela Maquininha Vermelha
Foto: Reprodução Whatsapp

Craques do passado se reúnem novamente no gramado do Estádio Alfredão de Castilho no próximo dia 17/12, um sábado, às 11h, para relembrar as conquistas com a camisa do Noroeste, rever a torcida nas arquibancadas e marcar um gol de solidariedade.

Estarão em campo duas equipes de gerações do Noroeste, frente a frente, reunindo grandes jogadores das décadas de 80, 90 e inícios dos anos 2000.

A partida faz parte também do calendário de preparação do clube para o Campeonato Paulista Série A3, como forma de agitar o torcedor que está na expectativa de ver a estreia do time profissional na busca do acesso.

DOAÇÕES

Para assistir, os torcedores deverão comparecer ao Alfredão, às 10h30, com um litro de leite (integral). Todas as doações serão destinadas à uma entidade assistencial.

JOGADORES

Foto: Reprodução Whatsapp

Estarão em campo, vestindo novamente a camisa centenária do Noroeste, os goleiros Juninho, Pinhata, Cezar, Marcos Garça, Edson, Evandro e Barata. Na defesa Valder, Nescau, Glauber, Rogério Anastácio, Campagnollo, Prego, André Dias, Iguaraçu, Alemão, Claudio, Clodoaldo, Niltão, Monteiro e Dobro. Os laterais Anisio, Santos Macarrão, Laranjal Paulista, Marcos Côco, Claudemir Magrão, Padula, Mariano. Meio-campistas Claudecir, Claudinho Rancharia, Alex Rancharia, Juninho Agudos, Miguelzinho, Marquinho da Barra. Atacantes Manó, Sérgio Clavero, Nilson, Adilan e Marquinho Yamamoto. Técnico Luiz Carlos Martins. Também participarão do evento os convidados Jeová Rodrigues e Fumaça, ambos massagistas históricos do clube, o radialista Alexandre Alves, setorista do Norusca por vários anos, entre outros convidados.

EXPECTATIVA

Para Juninho, goleiro nos anos de 1993 a 1996, campeão da Série A3 de 1995, a expectativa de rever os amigos surgiu de um desejo bem antigo, que agora está sendo realizado graças a sinergia entre os próprios jogadores. 

Foto: Reprodução Whatsapp

Para o zagueirão Marcos Campagnollo, que vestiu o manto alvirrubro entre 1990 e 1997, também campeão na A3 de 95, o jogo vai trazer a sensação mágica de jogar futebol novamente no Alfredão. O mesmo sentimento é compartilhado pelos zagueiros André Dias, jogador do Norusca de 1990 a 1994, e Rogério Anastácio, jogador noroestino nos anos de 96, 97 e 99.

O volante Claudecir, que além do Noroeste também brilhou com as camisas de São Caetano e Palmeiras, convoca todos os torcedores de Bauru e região, dos mais jovens aos mais experientes, para que prestigiem esse retorno aos gramados da turma que sempre honrou a camisa do Esporte Clube Noroeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário