Parceiro

Genter Vôlei Bauru tenta manter embalo na Superliga

Elenco bauruense tenta manter boa sequência de vitórias na Superliga
Foto: Neide Carlos / Divulgação

Jogando fora de casa contra Pinheiros, time bauruense tenta quarta vitória consecutiva; duelo marca encontro de duas das melhores atacantes da competição; ônibus levará torcida bauruense a São Paulo


Manter o embalo e se aproximar ainda mais dos líderes. Esses serão os principais objetivos do Genter Vôlei Bauru diante do Pinheiros nesta sexta, a partir das 19h30, no Ginásio Henrique Villaboin, na Capital paulista, pela sétima rodada da Superliga 2016-2017. 

O duelo também marca o encontro de duas das melhores atacantes da competição, que figuram entre as top 10 do Nacional: Thaisinha, pelo Genter Vôlei Bauru, e Bárbara, pelo Pinheiros.

Após bater São Caetano e chegar à quarta vitória  na competição – sendo as últimas três consecutivas –, o time bauruense ocupa a quinta posição na tabela de classificação com 12 pontos, três atrás do quarto colocado Vôlei Nestlé e do terceiro Brasília e a seis do vice-líder Praia Clube e do líder Rexona-Sesc.

Por isso, conquistar os três pontos diante do tradicional rival paulista, que atualmente fecha o G8 com seis pontos conquistados após duas vitórias e quatro derrotas, é fundamental nas pretensões do Genter Vôlei Bauru em não só continuar na “cola” do G4, mas também em tentar ingressar nele nas próximas rodadas.

Foto: Neide Carlos / Divulgação

O técnico Marcos Kwiek considera importante o bom momento vivido pela equipe na competição, mas alerta que Pinheiros sempre faz ótimas exibições quando joga em sua casa. “É muito importante saber que estamos crescendo e temos de valorizar isso e continuar trabalhando. O Pinheiros é um time bem mais entrosado do que o Fluminense, por exemplo, manteve mais ou menos a base do ano passado, foi vice-campeão paulista e nos venceu em uma semifinal. Jogaremos na casa delas, onde sempre se apresentam muito bem. Todo cuidado é pouco com elas, pois é um time que trabalha muito bem com a bola nas mãos da levantadora, que é bem equilibrada, experimentada e que já tem alguns anos jogando a Superliga. É um time que tem essa característica e tem muito volume de jogo”, destaca.

Já a oposta Bruna Honório, que já defendeu o Pinheiros na temporada 2011-2012, lembra que o time da Capital, apesar de ser jovem, tem como uma de suas principais armas o bloqueio, além de jogadoras que também desequilibram. “Elas têm uma leitura muito boa de bloqueio e a Bárbara, oposta, tem muitos recursos, é muito forte e já passou pela seleção, assim como a Jú Nogueira, ponteira. Também contam com a Mimi Sosa (central), que é da seleção argentina, além de algumas atletas campeãs nas seleções de base sub-23. É um time novo que não podemos deixar crescer e dar ritmo de jogo. Temos de imprimir nosso ritmo”, analisa a oposta bauruense.

Foto: Neide Carlos / Divulgação
A atleta também espera que as adversárias desta sexta arrisquem bastante no saque por jogarem em seu território. “Jogar em casa é sempre uma vantagem. Esperamos que, por jogarem em seus domínios, elas forcem bastante o saque também”, destaca Bruna Honório.

As preocupações com o Pinheiros não são à toa. O time continua sob a liderança do treinador Paulo de Tarso e mudou algumas peças na equipe para essa temporada. Nomes de destaque do cenário nacional com passagens pela seleção brasileira como a ponteira Jú Nogueira e a oposta Bárbara chegaram para reforçar o clube. 

As argentinas Mimi Sosa (central) e Tanya Acosta (ponteira), que disputaram os Jogos Olímpicos do Rio, foram outros reforços. A levantadora Ananda e as revelações Maira (ponteira) e Jú Paes (líbero) seguem na equipe.

Thaisinha x Bárbara

O confronto desta sexta também se notabiliza pelo encontro de duas das melhores atacantes da competição: Thaisinha, do time bauruense, e Bárbara, do Pinheiros. Ambas figuram no ranking das top 10 da Superliga, com Thaisinha sendo até o momento a quarta maior pontuadora do Nacional, com 89 pontos, e sua rival Bárbara a quinta, com 85 pontos.

“São duas jogadoras que pontuam muito e são muito importantes para suas equipes. Vejo a Thaís muito mais atacante que a Bárbara e a Bárbara mais bloqueadora, mas que pontua tanto quanto no ataque. Vai ser um duelo bem interessante mesmo, pois uma está jogando de oposta e outra é ponteira e, geralmente, elas estarão frente a frente. Mas Pinheiros não é só a Bárbara. Por ela ser a definidora do Pinheiros é lógico que temos de ter uma atenção com ela, mas o problema é nos preocuparmos muito com a Bárbara e deixarmos as outras jogarem. Não dá para se focar somente em uma jogadora como a Bárbara, assim como ela não se preocuparão somente com a Thaisinha”, ressalta Kwiek

O alerta do treinador bauruense não é para menos. Assim como o Genter Vôlei Bauru, o Pinheiros também tem outros destaques individuais. A levantadora Ananda, por exemplo, é a terceira mais eficiente do torneio e a central Milka e a ponteira Maíra também figuram entre as top 10 nas estatísticas do Nacional nos quesitos, respectivamente, de bloqueio e defesa.

Ônibus leva torcida a São Paulo

A diretoria do Genter Vôlei Bauru está disponibilizando gratuitamente um ônibus para a torcida bauruense acompanhar o duelo contra o Pinheiros, nesta sexta, às 19h30, no Ginásio Henrique Villaboin. O ônibus sairá às 13h desta sexta do Ginásio Panela de Pressão. Interessados em reservar seus lugares devem entrar em contato com Marina pelo telefone (14) 99784-7759.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.