PESQUISE

Independência impõe ritmo da partida e conquista título invicto de 2016

Jogadores e diretores do Independência com o troféu de campeão
Foto: Juliano Gomes / TNRB

Foi a despedida da temporada da primeira divisão da Liga Bauruense de Futebol Amador e o duelo entre Independência e Juventus que fora realizado no Estádio Alfredo de Castilho na manhã desse domingo acontecido as 10h estava longe de ser um duelo de final.



Nas arquibancadas,o domínio era da torcida da região Oeste da cidade que cantou e incentivou o time do inicio ao fim, já que o Indepa carregava a responsabilidade da conquista pelo investimento feito para a disputa da competição, por outro lado o Juventus que em seu elenco contava com jogadores rodados no futebol bauruense, não carregava a responsabilidade, uma vez que desde sua fundação é a primeira vez que a equipe chega a uma decisão de campeonato.

O primeiro duelo entre ambos foi marcado por muita movimentação e dois tempos distintos, sendo o primeiro dominado pelo Independência e o segundo pelo Juventus que vendeu caro o empate na reta final da partida, deixando a disputa aberta para esse segundo confronto.

O jogo

Apostando na surpresa, o Juventus escalou como titular sua principal arma de ataque, o atacante Nathan responsável por incendiar o primeiro duelo, anotando o primeiro gol e dando passe primordial para o segundo anotado por Dan.

João Vitor e Luiz Miguel em disputa de bola no Alfredão
Foto: Juliano Gomes / TNRB

No entanto quem saiu primeiro e tomou iniciativa do jogo foi os comandados de Osmarzão, que apostava nas investidas velozes de João Vitor, Lekinha, Jé e Joãozinho na armação das jogadas.

Após uma descida veloz de Jé pelo lado direito do campo de ataque, o meia bateu forte e cruzado para grande área, João Vitor dominou, girou sobre o marcador e disparou um verdadeiro balaço no ângulo direito de Helder que só olhou a bola morrer no fundo da rede abrindo o marcador para o Independência aos nove minutos de jogo.

O Juventus que buscava neutralizar as jogadas adversárias para apostar no contra-ataque veloz, viu Dan levar perigo a meta de Yuri após o volante pegar rebote da zaga do Indepa e dispara chute forte com a bola raspando o travessão aos vinte e oito minutos da etapa inicial.

Foto: Juliano Gomes / TNRB

Precisando do resultado para se manter vivo na disputa, o Juventus se lançou ao ataque e após mais uma boa jogada ofensiva, Animal sofre falta em diagonal a meta do Independência, Carlinhos cobra de pé direito e a bola passa raspando a trave direita de Yuri em mais um bom momento da equipe Juventina nos acréscimos do primeiro tempo.


Na volta do intervalo, o Juventus se encontrou na partida e conseguiu neutralizar as jogadas ofensivas do Independência, dando equilíbrio no duelo, trabalhando mais a bola no campo de ataque, aguardando o melhor momento para finalizar em gol.

Yuri salta para salvar a meta e evitar o gol de empate do Juventus
Foto: Juliano Gomes / TNRB

O duelo foi se estendendo com o placar favorável ao Independência, o desespero começou a tomar conta dos comandados de Clodoaldo Iria até o minuto final, após o técnico promover a entrada de Marquinhos. O atacante recebeu cruzamento dentro da grande área e testou firme no centro do gol e milagrosamente Yuri efetuou a defesa com os pés evitando o empate do Juventus aos quarenta e seis minutos da etapa final de jogo,mas como o ditado é verdadeiro, quem não faz toma.

Rolan desce em velocidade pelo lado direito sozinho, recebe ótimo passe e invade a grande área, dribla o goleiro Helder e o lateral direito Mineiro antes de arrematar para o gol a meia altura no canto direito sacramentando o placar da partida, que foi arbitrada por Milton Porto em sua despedida.

Despedida

Foram mais de duas décadas dedicadas ao futebol amador bauruense entre apitar jogos e atuar como dirigente da Liga Bauruense presidida por Vicente Silvestre.
Milton Porto (centro), Danilo Porto (à esquerda) e João Vitor Porto (à direita)
Foto: Juliano Gomes / TNRB

Foi com enorme satisfação por ter feito parte de mais uma final que Milton Porto aposentou o apito oficialmente e seguirá acompanhando o futebol do lado de fora dos gramados, para o futuro, Milton havia nos informado sobre a possibilidade de fazer parte de uma comissão gestora que pretende pleitear a presidência da entidade após o término do mandato de Vicente em Janeiro de 2018

Cerimônia de premiação

Após a última trilada de apito do agora ex-árbitro Milton Porto, foi realizada a cerimônia de premiação com a entrega de troféus ao campeão e vice da temporada de 2016.

pelo lado do Independência, quem levantou a quarta taça de campeão foi o Volante Rincon,que festejou muito a conquista junto de seus companheiros de equipe e diretores, enquanto Carlinhos recebeu a taça de Vice-Campeão da temporada.

Yuri goleiro do Independência com o troféu ao lado de Vicente Silvestre
Foto: Juliano Gomes / TNRB

Ainda durante a cerimônia foi entregue o troféu de artilheiro ao atacante Leandro do Operário que anotou 24 gols no decorrer da competição e o troféu de goleiro menos vazado ao arqueiro do Independência Yuri ex-goleiro do EC Noroeste.

Artilheiro Leandro da Associação Operário ao lado de Vicente Silvestre
Foto: Juliano Gomes / TNRB

As atividades da Liga bauruense se encerrarão no próximo sábado quando será conhecido o campeão da segunda divisão com o duelo entre Vila Nova FC e Mulekadinha da Indepa FC que empataram o primeiro jogo pelo placar de 2 a 2.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.