n':

PUBLICIDADE

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Vôlei Bauru anuncia saída de patrocinador, chegada de gestor e projeto social

Fonte: Assessoria de Imprensa 
Ex-jogador, Vanderlei Manzzuchini Junior assume a função de gestor da equipe
Foto: Neide Carlos / Vôlei Bauru

Equipe bauruense confirma saída de principal patrocinador, chegada de ex-jogador de basquete Vanderlei Mazzuchini Junior para função de gestor e implantação de projeto social para estimular prática de esportes em todas as escolas municipais de Bauru.

A quinta-feira começou com novidades no Vôlei Bauru. Além de confirmar oficialmente a saída da Genter Soluções em Recursos Humanos como patrocinadora máster, a diretoria da equipe bauruense, em coletiva à imprensa realizada nesta manhã, no Ginásio Panela de Pressão, anunciou a chegada do ex-jogador de basquete Vanderlei Mazzuchini Junior para exercer a função de gestor. 

Além disso, os dirigentes revelaram a criação de um novo projeto social que tem como uma de suas metas estimular a prática do esporte em todas as escolas municipais de Bauru.

Desta forma, os dirigentes do Vôlei Bauru buscam agora não só um novo patrocinador máster para o time profissional, mas também parceiros para auxiliar no desenvolvimento do Corrente da Vida, nome escolhido para batizar o projeto social que será implantado e estima atender até 3.200 crianças (leia texto Projeto social Corrente da Vida).

Ajudando o Vôlei Bauru como patrocinador máster desde o ano de 2013, através da Concilig Recuperação de Crédito, e posteriormente em outubro de 2016, com a entrada da Genter, a família Mandaliti seguirá apoiando a equipe profissional e, principalmente, o Corrente da Vida. Ela continuará contribuindo com valor mensal menor destinado ao time e também patrocinará a implantação do projeto social.

À direita, Reinaldo Mandaliti, Vanderlei Manzzuchini e Adriano Pucinelli
Foto: Neide Carlos / Vôlei Bauru

“Não existe futuro no esporte sem a formação de atletas. Nosso objetivo, além de continuar apoiando o time, é fazer com que no futuro possamos ter uma equipe quase que puro-sangue de nossas categorias de base, diminuindo a necessidade de enormes investimentos por parte de patrocinadores. Por isso, estamos abrindo espaço para novos parceiros se inserirem no projeto a fim de que possamos continuar tendo não só um grande time, mas também possibilitar um amanhã promissor para muitas crianças através do esporte e da educação”, destaca o empresário Reinaldo Mandaliti.

Mandaliti argumenta, ainda, que a evolução do projeto do Vôlei Bauru tem sido crescente em todos os setores e cita dados da última edição da Superliga para exemplificar o potencial da equipe bauruense. “Além de nossa campanha histórica, que culminou com o quinto lugar e a classificação inédita às quartas de final, fomos o quarto time a ter mais jogos transmitidos na fase classificatória, ficando atrás somente do Rio de Janeiro, Osasco e Praia Clube, e somente nosso jogo contra o Osasco aqui em Bauru teve audiência televisiva de mais de 340 mil pessoas”, sustenta. E acrescenta:

“De maneira global entre as equipes que disputaram a última edição da Superliga, o espaço ocupado na mídia televisiva cresceu 13% em relação à temporada 2015/2016 e atingiu a cifra de mais de R$ 700 milhões nesse quesito.”

O presidente do Vôlei Bauru, Adriano Pucinelli, agradeceu todo apoio dedicado ao time pelos empresários. “Sabemos que o esporte em Bauru é feito por abnegados e a família Mandaliti é uma delas. Eles não mediram esforços em auxiliar a equipe e ajudaram muito mais do que estipulava os valores do contrato de patrocínio. Graças a toda essa dedicação e amor ao nosso time mudamos nosso status e obtivemos grandes conquistas, como os títulos da Copa São Paulo e da Copa Santiago Seguros, e o quinto lugar na última edição da Superliga, o que não é pouca coisa. Por isso, só temos a agradecer o que eles fizeram e ainda continuarão fazendo pelo projeto do Vôlei Bauru”, salienta Pucinelli.

Totalmente identificado com Bauru, onde reside atualmente e, como jogador, foi campeão brasileiro e paulista defendendo as cores de times de basquete, além de registrar passagens brilhantes pela seleção brasileira, Vanderlei Mazzuchini Junior (confira seu Perfil) chega com a missão de ser o novo gestor do projeto como um todo, envolvendo tanto a equipe profissional como o Corrente da Vida.

“Ideia é dar todo o suporte para a comissão técnica do time e fazer com que a equipe seja o espelho para as atividades do projeto social que implantaremos”, define o agora dirigente do Vôlei Bauru.

Projeto social Corrente da Vida

Além de um novo patrocinador máster para o time principal, a diretoria do Vôlei Bauru também terá outra missão pela frente: implantar o projeto social Corrente da Vida. Ele vai reformular iniciativa já existente com o projeto Esporte Mais Feliz, capitaneado pela ex-jogadora Tininha e que atende cerca de 450 crianças atualmente, visando, ao final de três anos, atuar em todas as escolas municipais de Bauru estimulando a prática de esportes.

Pelo cronograma do Corrente da Vida, no primeiro ano a intenção é atender cerca de 800 crianças na faixa etária dos 8 aos 12 anos distribuídas em quatro escolas municipais, que terão aulas duas vezes por semana com profissionais capacitados pelo projeto. Na sequência, a meta a partir de cada ano é em ampliar o atendimento em mais 800 crianças, totalizando 1.600 no segundo ano, 2.400 no terceiro e 3.200 no quarto.

“Este projeto pretende ser agente ativo na transformação da realidade das crianças, resgatando o interesse pelo estudo, pois a participação estará diretamente ligada ao bom desempenho e comportamento escolar. Além disso, queremos utilizar a prática desportiva para resgatar a autoestima das crianças e adolescentes e introduzir os fundamentos de modalidades em prol de uma melhor condição física, motor e psicológica para as crianças”, destaca o gestor.

Outro grande objetivo do Corrente da Vida será a formação de categorias de base em busca de novos talentos, principalmente, para o vôlei. Entretanto, para a concretização deste estágio do projeto será necessário o auxílio de novos patrocinadores. “Teremos o apoio da família Mandaliti na sua implantação e em todas as suas etapas posteriores, mas precisaremos de mais parceiros para que a iniciativa se desenvolva em sua plenitude e possamos partir para a formação das categorias de base, revelando talentos e deixando um legado verdadeiro no esporte para Bauru”, enfatiza o gestor, que revela ainda que a intenção é lançar duas novas categorias de base por ano.

O novo gestor do Vôlei Bauru garante que o projeto sairá do papel o mais rápido possível – uma aula inaugural deverá ser anunciada em breve com a presença de estrelas do vôlei – e terá como grande fonte de inspiração atividades semelhantes já desenvolvidas pela Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA). “O projeto da ABDA nos servirá como modelo. É uma iniciativa fantástica que conta com estrutura diferenciada e que nenhum lugar do Brasil dispõe”, enfatiza Vanderlei. Por fim, ele informa que o Corrente da Vida contará com apoio das secretarias municipais de Educação e Esporte. “Eles também serão nossos parceiros nessa iniciativa, assim como o prefeito Clodoaldo Gazzetta”, conclui.

Perfil

NOME
Vanderlei Mazzuchini Junior
DATA DE NASCIMENTO
24/09/1972
NATURALIDADE
São Paulo (SP)
CLUBES EM QUE ATUOU
Sírio (SP), São Bernardo (SP), Monte Líbano (SP), Palmeiras (SP), Dharma Yara/Franca (SP), Ribeirão Preto (SP), Flamengo (RJ), Bauru/Tilibra/Copimax (SP), Universo/Ajax (GO), Campos (RJ), Joinville (SC), Telemar (RJ) e Ulbra (RS).
PRINCIPAIS RESULTADOS PELA SELEÇÃO
Marcou 730 pontos em 56 jogos em competições oficiais
Campeonato Mundial
8º lugar (EUA - 2002)
Copa América – Pré-Mundial
Medalha de bronze (Uruguai – 1997)
Vice-campeão (Argentina – 2001)
Torneio Pré-Olímpico das Américas
6º lugar (Porto Rico – 1999)
Jogos Pan-Americanos
Campeão em Winnipeg (Canadá - 1999)
Campeonato Sul-Americano
4º lugar (Venezuela – 1997)
Campeão (Argentina – 1999)
Vice-campeão (Chile – 2001)
PRINCIPAIS RESULTADOS PELOS CLUBES
Campeonato Nacional
Campeão (Bauru – 2002)
Campeonato Carioca
Campeão (Flamengo – 1998)
Campeonato Goiano
Bicampeão (Ajax – 2002 e 2003)
Campeonato Paulista
Campeão (Bauru – 1999)
Vice-campeão (Ulbra/São Bernardo - 2006)

Nenhum comentário:

Postar um comentário