n':

PUBLICIDADE

sábado, 21 de outubro de 2017

Vôlei Bauru bate Fluminense e conquista primeira vitória na Superliga

Por Juliano Gomes

Jogadoras do Vôlei Bauru bloqueiam durante vitória sobre o Fluminense em casa
Foto: Neide Carlos / Vôlei Bauru
Time bauruense se recupera da derrota na estreia e vence as cariocas no Ginásio Panela de Pressão por 3 sets a 1 em duelo da segunda rodada da competição nacional.


Não foi a estreia esperada pelas jogadoras, treinador e torcida, quando a equipe foi derrotada pelo Pinheiros em São Paulo, mas a segunda estreia, dessa vez em casa na competição nacional, foi com o pé, ou melhor, com a mão direita!

A equipe do Vôlei Bauru conseguiu neutralizar as ações do time do Fluminense e conquistar a primeira vitória sob seus domínios e se reabilitar na Superliga sob o comando de Fernando Bonatto que fez algumas modificações no decorrer do jogo e surti efeito positivo.

O duelo que foi ocorrido na noite dessa sexta-feira teve um sabor especial na vitória, já que as meninas bauruenses tiveram o apoio do início ao fim de sua torcida que ovacionava e vibrava muito com a equipe.

O jogo

A equipe do Vôlei Bauru foi a quadra com a seguinte formação: Ju Carrijo, Paula Pequeno, Dayse, Palacio, Andressa Picussa, Valquíria e Arlene. Com um começo de partida equilibrado, o Fluminense possuía uma pequena vantagem no marcador com uma diferença de três pontos que foi sustentada por nove minutos, até a equipe bauruense se encaixar em quadra e igualar o placar em 10 pontos. Após a igualdade, a distância não teve mais espaço e o embate seguiu truncado até Bauru fazer 20 a 18 no placar forçando a parada da equipe carioca. No reinício de jogo o Flu empata o duelo forçando assim a parada pelo lado bauruense. No retorno as cariocas viram o placar fazendo 21 a 20 em contra-ataque de Thaizinha. Bauru vira para 22 a 21 mas não sustenta a vantagem permitindo a reação do Fluminense que toma a frente do marcador novamente fazendo 24 a 22 e, mesmo Bauru diminuindo o marcador em uma pancada de Palacio, o time carioca fecha a parcial em 25 a 23 em 27 minutos.

Levantadora Juma foi eleita a melhor em quadra e recebeu o troféu Viva Vôlei
Foto: Neide Carlos / Vôlei Bauru

O segundo set que também iniciou equilibrado, teve o Fluminense a frente do marcador com diferença de três pontos fazendo 9 a 6 em oito minutos. Bauru aproveita dois erros do Flu, diminui para 9 a 8, mas não segura o ímpeto das cariocas que ampliam  vantagem para 15 a 9 forçando Bonatto a parar o jogo. Mesmo Bauru reagindo no duelo, encurtando a distância das adversárias, não foi o suficiente para parar as ações da rival que abre 21 a 16. O Fluminense conseguiu manter a distância até Bauru igualar o placar em 23 pontos e em trocas de bola, com um duelo acirradíssimo, o Vôlei Bauru fecha a parcial em 29 a 27 em 34 minutos.

O terceiro set no entanto não foi diferente, já que o time carioca saiu na frente do marcador e com apenas cinco minutos de parcial, o técnico Fernando Bonatto parando o jogo para fazer ajustes na equipe bauruense que até então não havia dominado o duelo encontrando algumas dificuldades de se impor no duelo. Depois do ajuste, o Vôlei Bauru entrou no jogo, passou afrente do marcador fazendo 10 a 9 e seguiu liderando o placar até fazer 21 a 19 forçando a parada pelo lado do Fluminense. Mesmo após o retorno e ajuste pelo lado carioca, não foi suficiente para parar as ações da equipe bauruense que fechou a parcial em 25 a 20 em 27 minutos.

No quarto set o Vôlei Bauru inicia melhor e abra vantagem de 6 a 2 e mesmo com as cariocas do Fluminense encostando no placar em 6 a 5, não abalou a equipe da casa que se manteve em vantagem tendo o controle do jogo e administrando a vantagem construída através dos saques que dificultavam a recepção além da eficiência do bloqueio bauruense que foi um dos fatores determinantes na disputa. Após Bauru abrir 18  10 no marcador, não houve problemas para fechar a parcial em 25 16 com 24 minutos de bola em movimento, além de fechar o duelo em 3 sets a 1.

A líbero Shara Venegas vibra com a vitória bauruense na Superliga em casa
Foto: Neide Carlos / Vôlei Bauru

Para Fenando Bonato, treinador do Vôlei Bauru, o duelo exigiu muitos ajustes para que se chegasse a essa vitória. "As jogadoras que vieram do banco fizeram isso muito bem. Fizemos algumas apostas nas trocas e isso foi muito bom. Sabíamos que precisávamos melhorar, principalmente o bloqueio e deu certo, pois o terminamos a partida com 17 bloqueios contra seis do Fluminense". destacou o treinador.

As maiores pontuadoras pela equipe bauruense foram a central Valquíria com 13 pontos, a ponteira Paula Pequeno e  oposta Helô com 11, a ponteira Days e a central Andressa Picussa com 9 e a ponteira Palacio com 6. A levantadora Juma do Vôlei Bauru recebeu o troféu Viva Vôlei.

O Vôlei Bauru volta a quadra n próximo dia 28 para enfrentar o Brasília em Brasília as 18h30, depois encara o Sesi, em Santo André no da 2 de Novembro, as 19h e volta a Bauru somente no dia 7 de Novembro para enfrentar o Minas, no Ginásio Panela de Pressão as 21h30.



Nenhum comentário:

Postar um comentário