n':

PUBLICIDADE

sábado, 11 de novembro de 2017

Vôlei Bauru é superado fora de casa na Superliga

Por Juliano Gomes
Võlei Bauru segue maratona contra candidatas diretas ao título da temporada
Foto: Praia Clube / Divulgação

Diante das líderes e invictas da competição, a equipe bauruense não reagiu e sofreu a segunda derrota consecutiva na disputa da Superliga 2017/2018.


Duelo realizado na noite dessa sexta-feira em Uberlândia na Arena Praia manteve a equipe do Praia Clube na liderança isolada e de quebra, sem sofrer derrota, passando pelo time bauruense pelo placar de 3 sets a 0 (parciais de 25/17, 25/11 e 28/26).

Ainda na maratona de jogos difíceis, as bauruenses voltarão a quadra na próxima terça-feira, 14, diante do Nestlé/Osasco no Ginásio Panela de Pressão, as 19h30. Depois, encara o Rio de Janeiro, dia 17, as 21h45, no Rio e volta à Bauru no dia 25, às 15h diante do Barueri.

O jogo

No início do primeiro set, o Vôlei Bauru foi a quadra com Juma, Dayse, palácio, Helô, Valquíria, Andressa Picussa e Shara Venegas e o time bauruense iniciou na frente do marcador fazendo 3 a 1, mas logo as donas da casa empataram e passaram a dominar o duelo, abrindo diferença de 14 a 9, forçando parada do técnico bauruense. Na volta, as mineiras se mantiveram dominantes e continuaram a pontuar, fazendo 17 a 10, forçando nova parada, que não surtiu efeito e no reinício do set, as donas da casa fecharam a parcial em 25/17 com 24 minutos de jogo.

O segundo set foi dominado pelo Praia Clube do início ao fim, com as mineiras abrindo ampla vantagem que apontava no placar 15 a 5, porém o time bauruense esboça uma reação, fazendo mais quatro pontos, diminuindo uma diferença de dez pontos, forçando parada técnica do Praia. No reinício, as praianas alavancam e disparam na frente do marcador, fechando a parcial com tranquilidade em 25/11 em 22 minutos jogados.

Jogadoras do Bauru preparam bloqueio que vem sendo um dos pontos fortes da equipe
Foto: Praia Clube / Divulgação

No terceiro e último set, o equilíbrio foi predominante no início, mas aos poucos as praianas foram se impondo no duelo e ampliando o marcador, chegando a 13/8, porém o Vôlei Bauru faz uma atuação mais consistente do que apresentado em sets anteriores e encosta no marcador, diminuindo a diferença para dois pontos, 16/14 forçando parada do técnico mineiro Paulo Coco. No reinício, as mineiras voltam a abrir diferença, mas a persistência bauruense possibilitou encostar novamente no marcador em 21/20. Após parada técnica mineira, o duelo passou a ficar emocionante, com ambas equipe alternando pontuação e com uma chance ótima para a equipe bauruense fechar o set e voltar pro jogo, mas as praianas empatam em 24 pontos, passando na frente do marcador novamente. O placar seguiu acirrado até o time do Praia Clube pontuar duas vezes seguidas, fechando a parcial em 28/26 em 35 minutos jogados encerrando o duelo com vitória por 3 a 0.

A derrota deixou a equipe de Fernando Bonatto com 7 pontos na classificação geral enquanto o praia Clube segue fazendo campanha espetacular, chegando a sexta vitória em seis jogos, sem derrotar em um set sequer.

As maiores pontuadoras no duelo pelo lado bauruense foram a oposta Helô e a central Valquíria, ambas com 7 pontos. A ponteira Paula Pequeno voltou a sentir dores no ombro e não entrou em quadra no duelo contra as mineiras. O troféu Viva Vôlei ficou com a central Walewska do Praia.

Após o jogo, o técnico Fernando Bonatto comentou sobre o duelo e ressaltou que a equipe encaixou o jogo somente no terceiro set. "Foi o que falei para elas no intervalo do segundo para o terceiro set. Precisamos ser determinados na proposta de jogo e elas entenderam isso. Erramos menos, tivemos mais confiança para contra-atacar e nosso bloqueio foi melhor. Isso foi importante. Agora é pensar no Osasco”, ressaltou o treinador em entrevista à Rádio Jovem Pan News/760AM/Jornada Esportiva.

Para a levantadora Juma, é hora de colocar a cabeça no lugar e pensar no próximo duelo diante do Nestlé/Osasco. "Mas, independentemente do resultado, temos de nos concentrar em nossos erros, voltarmos para casa e treinarmos muito mais”, destacou a atleta à Rádio Jovem Pan News/760AM/Jornada Esportiva.



Nenhum comentário:

Postar um comentário