n':

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Em final inédita, Vitória bate Complexo e fica com o título da primeira divisão

Redação TNRB
Arqueiro André posa com troféu após conquista diante do Complexo Mary Dota
Foto: Divulgação

Equipes fizeram final inédita no Estádio Alfredo de Castilho, deixando para trás equipes de tradição como Nacional e Independência, campeões em 2015 e 2016 respectivamente.


Fazendo duelo isolado no campo do Noroeste, na Vila Pacífico, EC Vitória e Complexo Mary Dota FC deixaram para trás equipes de ponta como Nacional, campeão no ano de 2015 e semifinalista nessa temporada, quando foi eliminado pelo rubro-negro da Zona Leste com goleada por 4 a 2 e o Independência FC, campeão em 2016 invicto e que estava sem derrota desde 30 de novembro de 2015 após a final contra o Galo da Cardia. Nessa temporada, o Indepa ficou ainda na fase quartas de finais após campanha de apenas uma vitória e três derrotas.

No Alfredão, a partida foi de tempos distintos, com o Leão dominando a primeira etapa e chegando ao gol aos 24 minutos em cobrança de falta do zagueiro Léo, que disparou um balaço pelo lado direito da intermediária, Diego falha e a bola morre no fundo do gol.

Na segunda etapa, o Complexo foi dominante, criando chances de igualar o marcador, porém esbarrando nas defesas do arqueiro Telão do Jardim Vitória que precisou trabalhar no a etapa final, assim como o goleiro Diego do Complexo que foi bastante exigido na etapa inicial.

Sem alteração no placar, o árbitro Paulo Henrique de Almeida que foi auxiliado por Rodrigo Vieira e Daniel Santana encerrou o confronto, confirmando a conquista do título inédito para o EC Vitória.

Após o final do duelo, houve a cerimônia de entrega dos troféus e medalhas ao campeão e vice, bem como ao goleiro menos vazado, Helder Lopes (Independência FC) que sofreu 23 gols ao longo da competição e para o artilheiro Paulão (Vila Nova FC) que pelo segundo ano consecutivo assumiu a artilharia. no ano anterior, ficou com o troféu aoós marcar 31 gols na campanha do acesso e título do Vila, na segunda divisão e nessa temporada, anotou 24 gols conquistando o segundo troféu.

Um comentário: