n':

sábado, 27 de janeiro de 2018

Vôlei Bauru é superado fora de casa pelo Camponesa/Minas

Redação TNRB
Foto: Orlando Bento / Minas Tênis Clube

Jogando na capital mineira, a equipe bauruense foi derrotada pelo Minas na quinta rodada do returno da Superliga Feminina por 3 a 0.



O Vôlei Bauru começou o jogo com a seguinte formação: Ju Carrijo, Palacio, Dayse, Tifanny, Angelica, Andressa e Shara Venegas.

No primeiro set, o Minas começa se impondo e abrindo 9/4 graças, principalmente, aos problemas de recepção do time bauruense, obrigando Fernando Bonatto, técnico do Vôlei Bauru, a parar o duelo. No reinício, o time mineiro segue forçando o saque e complicando a linha de passe do Vôlei Bauru, aumentando a vantagem para 14/5. Com a folga no placar, as mineiras só administraram até a final do parcial vencida com tranquilidade por 25/13.

No segundo set, o duelo começa mais equilibrado, mas aos poucos o Minas começa a se impor e a abrir vantagem, chegando aos 19/12. Mas o Vôlei Bauru inicia reação e chega aos 19/15, com o Minas parando o duelo. No retorno, o time bauruense reduz a diferença para dois pontos no 20/18, mas as mineiras ampliam a diferença para quatro pontos no 22/18 e fecham a parcial em 25/20.

O terceiro set foi praticamente uma repetição da segunda parcial, com início equilibrado e, aos poucos, o time mineiro abrindo frente aproveitando os muitos erros do Vôlei Bauru. Mas, quando o placar apontava 22/16 favorável ao Minas, o time bauruense “acorda” e corta a diferença para apenas um ponto no 22/21. Mas o Minas se recupera, chega ao set point no 24/21 e fecha a parcial em 25/21 e o jogo em 3 a 0.

Foto: Orlando Bento / Minas Tênis Clube

“Sabíamos que era um time bastante pesado no saque e começamos sofrendo muito, principalmente, na recepção. Agora precisamos refletir muito em cima deste jogo de hoje para melhorarmos para as próximas partidas”, analisou a oposta Helô, em entrevista à Rádio Jovem Pan News/760AM/Jornada Esportiva. Com 8 pontos, Helô foi a maior pontuadora do time bauruense na partida, seguida pelas ponteiras Palacio, com 7, e Tifanny, com 5.

Também em entrevista à mesma emissora, o técnico do Vôlei Bauru, Fernando Bonatto, reconheceu a má atuação da equipe, especialmente no primeiro set. “O Minas fez exatamente o que estudamos e o que nos preparamos, mas fomos muito abaixo do que produzimos a semana toda nos treinamentos. Estávamos confiantes em fazermos um jogo muito equilibrado contra o Minas, que veio com grande pressão no saque e atrapalhou a agressividade do nosso ataque. Precisamos melhorar e nos ajustarmos mais rápidos com as coisas que vão ocorrendo nos jogos, especialmente diante de grandes times como o Minas. Também necessitamos cometer menos erros fora de casa, principalmente quando temos oportunidades, especialmente nos contra-ataques, e desperdiçamos”, avaliou Bonatto.

Texto: Marcelo Ferrazoli / AVB



Nenhum comentário:

Postar um comentário