n':

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Noroeste conhece primeira derrota na Série A3 do Campeonato Paulista

Por Juliano Gomes
Foto: Bruno Freitas / EC Noroeste
Fora de casa, Noroeste atua abaixo do esperado e conhece a primeira derrota na Série A3 do Campeonato Paulista.


Debaixo de sol forte e de uma adversário que tecnicamente deixa a desejar, o Noroeste não conseguiu encaixar seu estilo de jogo e saiu de campo derrotado pelo Barretos, que mesmo limitado, se aproveitou de momentos de instabilidade noroestina e definiu a partida em seu favor.

Na primeira etapa o Noroeste não se encontrou em campo, dando liberdade para as jogadas ofensivas do Barretos que se apoiava no lado esquerdo. A primeira chegada real da equipe alvirrubra foi somente aos 50 minutos em chute de longa distância.

Aos 10 minutos, o árbitro assinalou pênalti absolutamente inexistente que o centroavante bauruense Gabriel Barcos bateu no canto no canto direito, a bola acertou a trave e entrou abrindo o marcador em favor do Barretos.

O Barretos ampliou o marcador aos 40 minutos com o zagueiro Guilherme aproveitando cruzamento e cabeceando indefensável, se aproveitando de momento de instabilidade do EC Noroeste.

No minuto final da primeira etapa, o Noroeste chegou ao primeiro gol depois de cobrança de escanteio, com Marcelinho cabeceando com firmeza, mas o árbitro César Luiz de Oliveira, que apresentou uma fraca atuação, marcou falta em favor dos mandantes alegando perigo de gol em lance que nada aconteceu.

Na segunda etapa o Noroeste iniciou a etapa "pressionado" pela derrota parcial, vendo os donos da casa sufocar a saída de bola alvirrubra, mas não demorou para a equipe do técnico Tuca Guimarães diminuir o marcador com Gabriel Esteves aproveitando rebote do arqueiro do Barretos para escorar pro fundo do gol aos 7 minutos.

As entradas de Wellington, Alef e Samuel na equipe bauruense surtiram efeito positivamente momentâneo e fizeram o Noroeste jogar com um pouco mais de tranquilidade no campo de ataque, administrando o jogo e criando novas oportunidades de gol se aproximando do empate.

Sem objetividade, o Noroeste não oferecia perigo a defesa do Barretos que passou a jogar retrancado á espera de uma bola para definir o marcador. A espera foi positiva aos barretenses, aos 51 minutos após Wellington perder a bola no capo de ataque e o atacante Ualef do Barretos disparar em velocidade pelo lado direito, ganhar o capo de ataque e bater rasteiro, acertando a trave e no rebote, Zezinho escorou pro fundo do gol finalizando o placar  e garantindo a vitória do Touro do Vale.

O resultado negativo deixou o Noroeste na terceira colocação com 13 pontos e agora buscará a reabilitação e  ponta da tabela na próxima quarta-feira, 7, as 20h contra o Atibaia no estádio Alfredo de Castilho, o Barretos, com 9 pontos, subiu para o décimo lugar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário