n':

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Noroeste recebe Marília para o maior derby da região

Por Juliano Gomes
Romão com a bola, é uma das armas noroestina para esse clássico contra o MAC

Após empate diante do GE Osasco, o Noroeste volta a campo para encarar o MAC no clássico regional diante da torcida e objetiva triunfo que pode agravar ainda mais a situação o rival que ocupa a zona da degola.


Em situações opostas na Série A3 de 2018, Noroeste e Marília voltarão a se encontrar na divisão e em situações bem diferentes, já que na temporada passada, o Norusca foi à casa do adversário e saiu derrotado pelo placar de 2 a 0 , o que foi um divisor de águas na competição pois a equipe noroestina acabou brigando para não rebaixar, salvando-se na última rodada após empatar em Monte Azul e o MAC brigava pela zona de classificação.

Na atual temporada, o Noroeste ocupa a quarta colocação com 18 pontos somados, o Marília é o décimo sexto com 11 pontos e o duelo desta noite de quarta-feira poderá ser determinante para ambos e os comandados de Alberto Félix estão focados no objetivo, que é os três pontos dentro de casa para encostar ainda mais na liderança da competição. Por, outro lado, o alvi-celeste busca se afastar da incômoda posição que se encontra e após a chegada de Luis Carlos Ferreira ao comando da equipe, bons resultados aconteceram mas o desempenho da equipe voltou a cair, gerando preocupação pelos lados marilienses.

Treino e foco na vitória

O Noroeste que treinou logo na segunda-feira, após o empate, focou seus treinamentos nos erros cometidos na partida anterior, quando a equipe sofreu dois gols de bola parada. Nos treinamentos, além do foco nas jogadas aéreas, o alvirrubro treinou reações, passes e finalizações, para surpreender o adversário e não ser surpreendido.

A equipe titular na última partida, realizou apenas treinamento regenerativo sob coordenação do técnico Alberto Félix auxiliado por Marcelo Santos, onde os jogadores realizaram atividades em espaço reduzido, buscando aprimorar a qualidade na tomada de decisão, passes e finalização em gol.
O que se viu nos treinos, foi muita entrega por parte dos aletas deixando a comissão técnica satisfeita e confiante para o importante duelo.

Na equipe, novidades podem surgir, já que o lateral-esquerdo Ricardinho cumpriu suspensão automática por ter recebido o terceiro cartão amarelo e o centroavante Romão também estará a disposição do treinador, mesmo não estão na sua melhor forma podendo contribuir com a equipe.

Abre aspas

Peças importantes na campanha da equipe falaram sobre o clássico  e a importância da vitória. "Temos um objetivo no campeonato, que é a classificação, e estamos conscientes disso. Temos que nos preparar jogo a jogo. O clássico tem um ingrediente a mais e os torcedores têm uma expectativa muito grande. Sabemos disso, estamos focados e vamos entrar em campo sempre buscando a vitória", comenta Alberto Félix

"Na minha opinião, o clássico é sempre bom. A concentração tem que ser maior. A gente briga pela nossa classificação no campeonato. E o mais importante é isso. O clássico a gente precisa vencer porque estamos jogando em casa. E é a nossa obrigação ganhar. Nós viemos de um empate e o clássico serve pra motivar. Vencendo o clássico, obviamente a gente ganha mais confiança também para o restante da competição", avaliou o xerife da zaga noroestina Marcelinho, que terá a companhia de Marcelo Augusto, devido ao terceiro cartão amarelo recebido por Jean Pierre.

"Pra nós jogadores, precisamos esquecer o resultado do ano passado. É outro campeonato, outro elenco, outro grupo, dos dois lados, mas estamos focados e vamos jogar com muita seriedade para vencer. Estamos pensando muito nesse jogo, que com certeza tem o algo a mais, e vamos entrar em campo sempre para buscar os três pontos", comenta Maicon Douglas que jorá o dérby pela segunda vez.

Festa alvirrubra

Para o clássico desta quarta-feira, 21, as 20h, o Noroeste irá entregar bexigas vermelhas e brancas, para colorir as arquibancadas do Alfredo de Castilho além de faixas que estarão nas arquibancadas. A diretoria pede, que os torcedores compareçam de vermelho ou branco, que são as cores da equipe, para deixar o espetáculo ainda mais bonito.

Ingressos 

Os ingressos para o clássico continuam sendo vendidos nos pontos, como de costume e encontram-se a preços promocionais até as 12h. Confira os locais:

Antecipado arquibancada: R$ 15,00
Antecipado cadeira coberta: R$ 25,00
*Secretaria do Estádio Alfredo de Castilho – Rua Benedito Eleutério. Vila Pacífico.
*Cartucho & Cia, av. comendador José da Silva Martha, 1-31 Jd. Estoril (ao lado do Habib's 2)
*Loja Merci Collections, rua Araújo Leite, 35-73, Vila Universitária.
*Loja Adidas, no Boulevard Shopping.
*Banca de Revistas e Jornais do Supermercado Tauste. Altos da Cidade.
*Banca do Adilson – Rua Treze de Maio, esquina com rua Primeiro de Agosto. Centro.
*Pé Quente Calçados – Avenida Dr. Marcos de Paula Raphael, 13-08. Mary Dota.
*Stillo Materiais para Construção – Rua Lindolpho Silva Sobrinho, 1 40. Geisel.
*Jornal da Cidade – Rua Xingu, 4-44. Higienópolis.
*Escritório Vitta Residencial – Avenida Getúlio Vargas 21-60.

Após este horário, a promoção de meia-entrada acaba, os ingressos serão recolhidos e as vendas serão retomadas na bilheteria do Alfredão, a partir das 19h, com ingressos de arquibancada à R$ 30,00 e cadeira cativa R$ 50,00. Estudantes, idosos e deficientes físicos pagam meia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário