n':

PUBLICIDADE

quinta-feira, 8 de março de 2018

Com futebol fraco, Noroeste arranca empate em Guaratinguetá diante do Manthiqueira

Por Juliano Gomes
elenco jogou abaixo do esperado e apenas empatou em Guaratinguetá
Foto: Bruno Freitas / ECN

Partida do alvirrubro diante do Manthiqueira  foi a pior na temporada da Série A3 e agora busca vitória diante do torcedor na reta final do Estadual.



Embora o empate tenha saído, o Noroeste deixou e muito a deseja na partida da noite de quarta-feira (7) quando foi a Guaratinguetá enfrentar o AD Manthiqueira comandado pela técnica Nilmara Alves  que, com elenco jovem, soube se posicionar em campo e a entrega dos garotos mostrou uma outra equipe em seus domínios.

Primeiro tempo irreconhecível

Sem ofensividade alguma o Noroeste apenas acompanhou a entrega dos jogadores adversários em campo, além da boa postura e forte marcação sobre a equipe bauruense. Contudo o alvirrubro teve ótima chance de sair na frente do marcador com o centroavante Jorge Mauá após o árbitro da partida assinalar penalidade máxima. O camisa nove bateu rasteiro no canto e o goleiro defendeu a cobrança, perdendo grande oportunidade aos 27 minutos. Anteriormente aos 24, o mesmo Jorge havia desperdiçado chance e chute pra fora que passou rente a trave.

Mais agressiva, a Manthiqueira aproveitou  vacilo da defesa alvirrubra e aos 38 minutos abriu o marcador com Lucas Máximo que aproveitou sobra do bate-rebate na área e escorou pro fundo do gol. O resultado persistiu até o encerramento da etapa.

Segundo tempo diferente

No segundo tempo o noroeste esboçou reação, mudando a postura em campo, mas jogava contra mais um adversário, o tempo. E logo aos 5 minutos, o volante André Rocha arriscou chute forte de fora da área obrigando o goleiro a executar defesa difícil. A equipe de Bauru ainda teve grande oportunidade com o centroavante Jorge Mauá que recebeu passe perto da área e arrematou pra fora.

Diante da situação, o técnico Alberto Félix promoveu tripla mudança na equipe deixando-a mais ofensiva colocando Alef, Roão e Rodrigo Tiuí nos lugares de André Rocha, Jorge Mauá e Gindre respectivamente.

Mesmo com o trio ofensivo, o Noroeste insistia em perder gol e a noite só não terminou em "tragédia" graças a jogada individual do lateral-esquerdo Lucas Hipólito que avançou em velocidade chegando na linha de fundo e cruzando a bola pra área e Wellington acertar cabeceio salvador já nos acréscimos da partidas, mas precisamente aos 46 minutos.

Reconhecimento do baixo nível

Após o encerramento da partida, através do microfone da rádio jovem Pan News Bauru/Jornada Esportiva, o técnico Alberto Félix comentou sobre a partida e o desempenho da equipe.  "Deixamos à desejar hoje. Tivemos muitos erros. Não sei se foi a distância e o cansaço da viagem que atrapalhou um pouco, mas não jogamos como nas outras partidas. Perdemos um pênalti, levamos um gol que deu confiança para eles. No segundo tempo fomos mais ofensivos, insistimos em busca do gol, não vencemos, mas conseguimos o empate", disse.

Reabilitação

O Noroeste com o empate somou 26 pontos e ocupa agora a sexta colocação na classificação geral enquanto a Manthiqueira permanece na zona do rebaixamento com 9 pontos somados na décima oitava posição.

O Noroeste volta a campo para o próximo compromisso no domingo, as 10h quando enfrentará o Rio Preto ( 12º colocado com 21 pontos) e que vem de importante vitória por 2 a 0 diante do Monte Azul. O confronto será no estádio Alfredo de Castilho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário