n':

sábado, 3 de março de 2018

Equipe bauruense perdeu por 3 a 1 e terá mineiras como rivais nas quartas de final da Superliga 2017/2018

Redação TNRB
Foto: Flavio Perez / São Caetano

O Vôlei Bauru foi superado pelo São Cristóvão Saúde/São Caetano por 3 sets a 1 (parciais de 28/26, 19/25, 25/21 e 29/27) nesta sexta-feira à noite, no Ginásio Milton Feijão, em São Caetano do Sul, em duelo válido pela décima-primeira e última rodada do returno da Superliga 2017/2018. Com o resultado, a equipe bauruense encerrou a fase classificatória na oitava posição e agora terá pela frente nas quartas de final o Praia Clube.


Por ter feito melhor campanha, o Praia Clube terá a vantagem de fazer em seus domínios dois dos três jogos – o primeiro ou o terceiro (caso necessário) ou o segundo ou o terceiro (caso necessário) – da série melhor de três partidas dos playoffs das quartas de final, que poderão ser realizadas nos dias 9, 16 e 20 de março, datas que ainda terão de ser confirmadas e podem ser alteradas pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

O jogo

Com a presença de Paula Pequeno no banco, retornando ao time após recuperar-se de contusão na clavícula do ombro direito, o Vôlei Bauru iniciou o jogo com a seguinte formação: Juma, Tifanny, Valquiria, Andressa, Gabi Cândido, Palacio e Shara Venegas.

O primeiro set começa com o São Caetano com vantagem de dois pontos até o 9/7, quando o time bauruense empata no 9/9 e o técnico caetanense, Hairton Cabral, pede tempo. No reinício, o Vôlei Bauru passa à frente no 11/10 com bloqueio de Valquiria e abre vantagem de três pontos no 14/11, mas as caetanenses reagem, empatam no 14/14 e o técnico bauruense, Fernando Bonatto, para o jogo. No reinício o Vôlei Bauru volta a comandar o placar por dois pontos no 16/14, mas novamente o São Caetano busca o empate no 17/17. O time bauruense abre quatro pontos no 22/18, mas permite nova reação caetanense, que encosta em 22/21 e Bonatto para o jogo. No reinício o São Caetano empata no 22/22 e passa à frente no 23/22 com Fernanda Tomé, mas o Vôlei Bauru chega ao 25/24 com ace de Valquiria e São Caetano faz 25/25 com Fernanda Tomé. Tifanny erra ataque e São Caetano chega ao 26/25, mas com erro de ataque caetanense o Vôlei Bauru empata no 26/26. São Caetano faz 27/26 e fecha a parcial em 28/26.
Foto: Flavio Perez / São Caetano

O segundo set começa com o Vôlei Bauru à frente com quatro pontos de vantagem e Hairton Cabral para o jogo no 6/2. Mais consistente no ataque e no bloqueio, e aproveitando os erros caetanenses, o time bauruense amplia para 9/2. Mas o São Caetano reage e corta a diferença para apenas três pontos no 12/9 e Fernando Bonatto pede tempo. No reinício, o time bauruense se aproveita de momento de desconcentração caetanense e abre sete pontos no 22/15. O Vôlei Bauru chega ao set point no 24/18 em erro de saque caetanense e fecha a parcial em 25/19.

O terceiro set também começa com o Vôlei Bauru à frente sustentando vantagem de três pontos no 11/8 e Hairton Cabral pede tempo. No reinício o São Caetano reduz a diferença para apenas um ponto no 12/11 e Fernando Bonatto para o jogo. O time bauruense “acorda” e amplia para cinco pontos no 16/11, mas o São Caetano reage, empata no 20/20 e vira no 22/21, com Bonatto pedindo novo tempo. Mas o São Caetano se aproveita dos erros bauruenses e fecha a parcial em 25/21.

O quarto set começa com o time bauruense mal e permitindo ao São Caetano abrir vantagem de cinco pontos no 11/6. As caetanenses sustentam a diferença até o 14/9, mas o Vôlei Bauru reage e reduz a diferença para dois pontos no 17/15 e Hairton Cabral para o jogo. No reinício o time bauruense diminui para um ponto no 19/18, mas as caetanenses conseguem dois bloqueios consecutivos e ampliam para 21/18, mas o Vôlei Bauru busca o empate no 24/24 e o jogo fica ainda mais emocionante. O Vôlei Bauru chega ao set point no 26/25, mas o São Caetano empata em 26/26 e vira para 27/26. O time bauruense empata em 27/27 e São Caetano faz 28/27 e fecha em 29/27.

As maiores pontuadoras do Vôlei Bauru no confronto foram a oposta Tifanny, com 22 pontos, a central Valquiria, com 16, a ponteira Palacio, com 15, a central Andressa, com 9, e a levantadora Juma, com 6.

Para o técnico Fernando Bonatto, o time pecou por ter cometido muitos erros, especialmente no saque. “Sabíamos que seria um jogo muito difícil em que teríamos de ter boa recepção e defesa, mas tivemos dificuldades nestes fundamentos e também erramos muito saques, em quantidade acima do normal. Agora temos de levantar a cabeça e continuarmos trabalhando para nos prepararmos para enfrentar o Praia Clube nas quartas de final”, destacou o treinador bauruense.

Texto: Marcelo Ferrazoli/AVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário