n':

PUBLICIDADE

quinta-feira, 1 de março de 2018

Noroeste enfrenta dificuldades e é derrotado pela Portuguesa Santista

Por Juliano Gomes
Zagueiro Marcelinho na marcação do atleta da Portuguesa Santista
Foto: Alberto Ferreira / Agência Briosa

Noroeste foi a Santos enfrentar a Portuguesa Santista, sofreu com a forte pressão e boa atuação adversária e não evitou o revés diante da Briosa pela décima terceira rodada do Paulista A3.

Líder invicta, assim a Briosa manteve sua postura dentro de campo contra o Noroeste que na primeira etapa apenas assistiu os donos da casa jogarem e com muita facilidade criarem as principais jogadas ofensivas pelo lado esquerdo de ataque,já que o lateral Pacheco foi poupado.

O gol

E foi exatamente do lado esquerdo que o Portuguesa criou a jogada do gol. Após cruzamento, Léo Gonçalves bateu firme de pé direito pra colocar a Briosa em vantagem no marcador aos 15 minutos. Em dois lances seguinte se não fosse a antecipação de Alex Silva e o agigantamento de Ferreira, o Noroeste poderia sofrer goleada ainda na primeira etapa.

Sem efetividade no ataque, o Noroeste não assustou a meta adversária durante toda a primeira etapa. Já a segunda etapa que após alterações na equipe com as entradas de Pacheco no lugar de Alex Silva e Jorge Mauá no lugar de Leandro Oliveira a equipe de Alberto Félix nivelou a partida foi superior criando chances de igualar o marcador.

Segundo tempo diferente

As melhores oportunidades vieram dos pés dos atacantes alvirrubro. Jorge Mauá as 15 minutos desperdiçou boa chance de igualar o marcador após receber passe de Vilson e finalizar pra fora. Aos 22 minutos foi a vez de Wellington levar perigo à meta da Briosa depois da boa jogada de Lucas Hipólito que passou ela defesa com facilidade e arrematar de pé esquerdo pra fora. No lance seguinte, as 24 minutos a melhor oportunidade noroestina na partida com Jorge Mauá que desviou de cabeça o cruzamento de André Rocha, acertando a trave.

Ato lamentável

Sem alteração no placar, a partida que já estava nos acréscimos teve o momento desagradável após atitude infantil do meia Carlos Alberto da Portuguesa, que de costas para o ataque, começou a fazer embaixadinhas provocativas à equipe do Noroeste que culminou com uma entrada dura do volante André Rocha e tomou proporções maiores que culminaram nas expulsões do volante, do meia que provocou a lastimável cena e do atacante Wellington que se envolveu na confusão e receberam o cartão vermelho. Para o Noroeste, sem dúvidas o prejuízo é maior pela perda de dois importantes jogadores do elenco para o próximo duelo que será no Alfredo de Castilho.

Para o treinador noroestino Alberto Félix o resultado não foi surpreendente. "No primeiro tempo nosso time não encaixou e na segunda etapa fomos melhores. Ficamos chateados com o resultado, mas o adversário teve mérito, é o líder agora. E uma derrota aqui não é nenhum resultado absurdo. Agora temos a possibilidade de jogar em casa e vamos buscar a vitória diante do nosso torcedor", disse o treinador.

Com a derrota, o Norusca desceu um degrau e ocupa a quinta colocação com 22 pontos enquanto a Briosa assumiu a liderança e segue invicta na competição com 26 pontos somados. O próximo compromisso alvirrubro é no domingo as 10h quando encara a Matonense (18º colocado com 11 pontos) no Alfredão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário