n':

PUBLICIDADE

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Aclamado, Betão Alcântara é apresentado como treinador do EC Noroeste

Por Juliano Gomes
Técnico Betão Alcântara durante coletiva de apresentação ao EC Noroeste
Foto: Bruno Freitas / ECN

Responsável pela eliminação precoce do Norousca na A3 com o Atibaia e consequentemente campeão da divisão, Betão Alcântara, 56 anos, chega para montar elenco que disputará a Copa Paulista.

A expectativa dos torcedores com relação ao nome que comandará a equipe no restante da temporada foi confirmada após a diretoria anunciar a contratação do campeão da A3, aposta que a diretoria já havia feito anteriormente porém acredita-se muito no caráter (o que não aconteceu com Tuca Guimarães) para a montagem do elenco que disputará a copinha á partir de Agosto além do plantel para a A3 de 2019.

Com vasta experiência na divisão além das conquistas, principalmente recentes foram fatores determinante na contratação do treinador que é conhecido também como um dos reis do acesso além de ser referência na montagem de equipes muito qualificadas, assim como foi o Falcão quando derrotou na final, a favorita Portuguesa Santista.

No clube bauruense, não se espera menos do comandante que terá todo respaldo para desenvolver seu trabalho da melhor forma e levar o Norusca à conquista da Copa Paulista e acesso na Série A3, sem atropelar etapas e tão pouco criar expectativas, o que é normal quando se inicia uma competição.

Betão começará os trabalhos na próxima semana quando os jogadores remanescentes se apresentarão e começará o planejamento. A pré-temporada para a competição do segundo semestre tem previsão para iniciar em junho quando a equipe deverá já estar formada.

Conquistas recentes

Além do título deste ano com o Falcão, e levando em conta seu trabalho mais recente, Betão conseguiu promover o Fernandópolis da Série B (4.ª divisão) à Série A3 do Paulista, em 2015, mesmo ano em que o Norusca retornou à Terceirona. No ano seguinte, conquistou acesso com o Rio Preto da Série A3 à Série A2 em 2016. No final daquele ano, montou o time do Olímpia, onde liderou com folga as cinco primeiras rodadas da Série A3 de 2017, com quatro vitórias e uma derrota, mas deixou a equipe devido a falta de acerto salarial.

Ele também já comandou Inter de Limeira, Monte Azul, Matonense, Rio Verde-GO, Anapolina-GO, Marília-SP (Série A2 de 2015), América-SP, Volare Hamamatsu-JAP (2005-06), Linense-SP (2004), Rio Preto-SP (2003); Jataiense-GO (2002).

Nenhum comentário:

Postar um comentário