n':

PUBLICIDADE

domingo, 17 de junho de 2018

Cachoeira desequilibra no final e Estrela FM goleia Dínamo Couto

Por Juliano Gomes
Goleiro Nil do Estrela espalma a bola para escaneio evitando o gol do Dínamo
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru

Meia alvirrubro faz a diferença no sistema ofensivo, além de deixar a marca e dar assistências na goleada do Estrela sobre o Dínamo Couto.


Sob forte calor na tarde do sábado, o duelo teve início truncado, de forte marcação com várias faltas, o que resultado no primeiro tempo com placar zerado. A grande aposta por parte do Estrela, foi a posse de bola e trocas de passes na transição entre defesa e ataque, diferente do Dínamo que apostava nas bolas longas alçadas da defesa para os atacantes que encontravam dificuldade em furar o bloqueio adversário.

O jogo

Fazendo a partida de fundo do Padilhão, Estrela FM e Dínamo Couto iniciaram o duelo movimentado com grandes chances de abertura do placar para ambos lados, começando pelo Dínamo que chegou com muito perigo após Preto disparar chute rasteiro no canto esquerdo, obrigando Nil a se esticar para evitar o gol.

Em resposta, o Estrela chegou com perigo, desperdiçando a chance clara de gol após Cachoeira efetuar o cruzamento pelo lado direito do campo de ataque e Emerson não alcançar a bola, que se perdeu pela linha de fundo.

Novamente em grande momento na partida, o Estrela chegou muito perto de abrir contagem em chute de Cachoeira que tinha endereço certo se não fosse a grande defesa do arqueiro Julio Cesar espalmando para escanteio.

Atacante Julio (11) não conseguiu vazar a forte marcação da defesa alvirrubra
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru

Sem sentir a pressão, o Dínamo buscou a meta do arqueiro Nil e ficou muito próximo de sair em vantagem em batida de longa distância do meia Adilson, que o goleiro espalmou para escanteio e belíssima defesa colocando a bola para escanteio.

Na segunda etapa, o Estrela entrou mais ligado e com mais presença no campo ofensivo, no entanto, aos 9 minutos, o árbitro Ricardo Fontes marcou pênalti após o zagueiro Jorge derrubar Hiran dentro da grande área. Cachoeira bateu rasteiro no canto esquerdo e abriu o marcador.

O Dínamo, mesmo em desvantagem saiu em busca de diminuir o marcador e ficou próximo após chute forte de longa distância que o goleiro Nil defendeu com o pé.

O resultado favorável motivou ainda mais o alvirrubro que passou a gostar mais da partida e ampliou a vantagem aos 16 minutos, depois de Cachoeira ganhar a jogada na linha de fundo, tocar para Daniel que ajeitou de calcanhar para Emerson chegar batendo forte, rasteiro, no canto esquerdo de Julio Cesar.

Sem muito perigo na defesa, o Estrela se manteve efetivo no campo de ataque e ampliou aos 25 minutos com Daniel aproveitando a bela jogada do meia Cachoeira que se livrou de dois marcadores, driblou o goleiro e deixou para o camisa nove tocar pro fundo do gol.

O xeque veio aos 30 minutos em disparo de longa distância do lateral-esquerdo Sandro, que feliz na jogada, viu o desvio da bola pela zaga  do Dínamo que enganou Julio Cesar, colocando o quarto gol na conta do alvirrubro.

Goleada na preliminar

Na primeira partida da tarde do estádio da Vila Giunta, o Independência mostrou sua força e derrotou o União Octávio Rasi pelo placar de 3 a 0 com dois gols de Baby e um de Chiquita garantindo a tranquila vitória ao Gigante Master da Zona Oeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário