n':

PUBLICIDADE

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Com gol isolado, Vila Santista derrota Corinthians e sobe na classificação

Por Juliano Gomes
Meia Telo recebendo tripla marcação corinthiana no confronto do Padilhão
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru

Na vila Giunta, o Corinthians não conseguiu manter a vice-liderança ao ser derrotado pela Vila Santista.


Jogando a partida preliminar do estádio Silvio de Magalhães Padilha, SC Corinthians e Vila Santista protagonizaram uma partida de baixa qualidade técnica, porém de muita vontade e disposição das equipes. 

Pelo lado da Vila Santista, sobressaiu a garra e determinação da equipe comandada por Cacá que á beira do campo gritava com os jogadores na busca pelo melhor posicionamento, sempre atento as investidas do ataque corinthiano.

No lado do alvi-negro a juventude e versatilidade da equipe só não foi mais evidente pelos desfalques que atrapalharam o esquema montado pelo técnico Sebastião Alves, o Gordo e que tem o auxílio de Flávio Rapini, que juntos fazem o trabalho de destaque da equipe que briga diretamente pelas primeiras posições do campeonato, além de ter entrado na rodada como o vice-líder.

Ânimos alterados

Com início movimentado, a partida apresentou o primeiro lance de perigo somente aos 17 minutos em batida rasteira de fora da área que o goleiro Mazinho espalmou para escanteio evitando a abertura do placar.

Mesmo insistente o ataque do Corinthians não passou pela defesa adversária
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru

Sem criatividade no ataque, ambas equipes passaram a se estudar concentrando as jogadas no meio de campo, além do alto número de faltas que alteraram os ânimos das equipes.

A primeira jogada ofensiva de perigo da equipe corinthiana aconteceu somente aos 28 minutos em descida rápida do meia Matheus, quela  invadiu a grande área e bateu forte de pé esquerdo acertando a rede pelo lado de fora.

Sem jogadas de perigo para ambos lados a partida seguiu em igualdade até o encerramento do primeiro período.

Segundo tempo salvador

Na segunda etapa o início foi semelhante ao primeiro, com muita tensão, excesso de faltas e pouca criatividade de ambos lados, o que atrapalhou o desempenho da partida, estendendo até os 17 minutos quando Tição, da Vila Santista que entrara a pouco na partida, arriscou chute despretencioso de fora da área, surpreendendo a defesa alvi-negra, marcando o único gol da partida.

Após o gol o Corinthians se lançou ao campo de ataque pressionando a defesa da Vila Santista que armou a linha defensiva com quatro homens de marcação segurando o ímpeto do adversário que não conseguiu furar a defesa e chegar a igualdade. Mesmo com quatro minutos de acréscimo, o placar seguiu inalterado e na raça a equipe da Vila Santista assegurou a vitória.


Nenhum comentário:

Postar um comentário