n':

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Reforços de peso chegam à equipe do Sesi Vôlei Bauru

Redação TNRB
Fabíola e Valentina são os grandes nomes da vez na equipe bauruense
Foto: Assessoria Sesi Vôlei Bauru

Jogadoras de alto nível desembarcam na Sem Limites e elenco de peso promete grandes emoções na temporada além do trabalho ao treinador para melhor aproveitamento do plantel de jogadoras.



Reforços vão chegando em Bauru e com isso, a "dor de cabeça" para o treinador Anderson Rodrigues está em evidência, já que a equipe anunciou a chegada da oposta da Seleção Italiana Valentina Diouf, que defendia o Busto Arsizio, no País da Velha Bota.

Filha de pai senegalês, mãe italiana e natural de Milão, Valentina terá em Bauru sua primeira experiência internacional, já que em sua carreira sempre atuou em seus País Natal e a atletas se mostra feliz com a contratação da equipe bauruense. “Estamos em um momento de pausa, mas é momento de dar uma notícia. Na próxima temporada farei parte do Sesi Vôlei Bauru. Não vejo a hora de conhecer os torcedores e minhas companheiras. Quero agradecer muito ao clube por ter me acolhido nesse fantástico projeto. Estou ansiosa. Então, um beijão e até mais! Ou melhor, um beijo Bauru e nos vemos em breve!”, diz a atleta.

Finalista da Superliga também chega

A levantadora Fabíola, ex-Nestlé/Osasco é outra atleta de alto nível que chegou na cidade para defender a equipe na temporada 2018/2019.

Natural de Brasília (DF), Josefa Fabíola Almeida de Sousa é considerada uma das principais referências da posição em que se consagrou com trajetória marcante e vitoriosa por clubes e seleções brasileiras.

Revelada pelo brasiliense Força Olímpica, já teve passagens por algumas das principais equipes do voleibol nacional, como o Rexona, MRV/Minas – onde conquistou sua primeira Superliga, na temporada 2001-2002 –, São Caetano, Pinheiros e Osasco, onde atuou nas campanhas das conquistas do Campeonato Paulista, Superliga, Sul-Americano e Mundial de Clubes e disputou a Superliga 2017-2018 antes de transferir-se ao Sesi Vôlei Bauru.

Fabíola também já teve experiências internacionais no voleibol russo, defendendo o Dínamo Krasnodar, e suíço atuando pelo Volero Zurich, ex-equipe do atual treinador do Sesi Vôlei Bauru, Anderson Rodrigues, e onde também contabiliza a terceira colocação no Mundial de Clubes.

Além dos títulos por clubes, Fabíola também tem carreira recheada de conquistas pelas seleções brasileiras de base e adulta. Enquanto nas de base foi campeã sul-americana infanto-juvenil e juvenil e campeã mundial juvenil, defendendo a seleção principal a levantadora foi campeã do Grand Prix (Tóquio 2014), da Copa dos Campeões (Japão 2013) e Pan-Americana (Guadalajara 2011).

Suas atuações de destaque em competições já lhe renderam prêmios individuais de melhor levantadora em duas temporadas na Superliga, no Sul-Americano de Clubes, no Campeonato Mundial de Clubes e na Copa Russa, onde chegou a ser eleita a MVP (melhor jogadora) da competição.

Fabíola ressalta que vários fatores a motivaram para transferir-se ao Sesi Vôlei Bauru. “Decidi jogar essa temporada no Sesi Vôlei Bauru por ser projeto novo na minha vida, cidade nova, trabalho novo e isso tudo me motiva. O clube tem uma excelente estrutura, está buscando ficar entre os melhores do país e quero poder contribuir com essa conquista. Estou muito feliz com a minha decisão”, destaca a atleta.

A nova levantadora do Sesi Vôlei Bauru espera que seja uma nova temporada de muito trabalho. “Vamos lutar para colocar a equipe entre as melhores do País. Sabemos que será uma Superliga muito difícil, mas vamos lutar para que seja com muitas vitórias e alegrias”, conclui Fabíola.

Edinara é convocada para servir a Seleção Brasileira

Um dos reforços do Sesi Vôlei Bauru para a temporada 2018-2019, a ponteira/oposta Edinara foi convocada, nesta terça à noite, para a seleção brasileira feminina que disputará a Copa Pan-Americana entre os dias seis e 15 de julho, na República Dominicana, competição que dá cinco vagas para os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019.

Novo reforço da equipe bauruense em atuação pela Seleção Brasileira
Foto: Divulgação / FIVB

Além de anunciar a relação das 17 atletas convocadas, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) também informou que as jogadoras se apresentarão no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), na próxima segunda-feira, 4. O grupo brasileiro será comandado pelo treinador Wagner Coppini, o Wagão, auxiliar técnico do tricampeão olímpico José Roberto Guimarães.

Depois da Copa Pan-Americana, competição realizada desde 2002 organizada pela Confederação da América do Norte, Central e Caribe (Norceca) em conjunto com a Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV), a seleção feminina participará de outras duas competições em 2018: Montreux Volley Masters, entre os dias 4 e 9 de setembro, além do Campeonato Mundial de 29 de setembro a 20 de outubro.

Edinara tem marcado presença na equipe nacional. Depois de se destacar em seleções brasileiras de base, onde conquistou bronze na disputa do Mundial Sub-18, em 2013, e a prata no Sul-Americano Sub-18, em 2012, a atleta do Sesi Vôlei Bauru já havia sido convocada para defender a seleção adulta nas campanhas campeãs do Torneio de Montreux e do Grand Prix, no ano passado.

Aos 22 anos, a jovem atleta celebra mais uma oportunidade de defender o time brasileiro. “A seleção brasileira é muito especial, pois tento sempre trabalhar bastante durante a temporada buscando dar o meu melhor voleibol. A convocação é a consolidação de todo esse empenho e dedicação. Representar o país traz sentimento de realização e de responsabilidade diante dos desafios que o vôlei brasileiro vai enfrentar e também do atual momento de crise que o país vive. O brasileiro enfrenta muitas dificuldades e necessita de mais esperança e alegria. Espero ajudar a oferecer bons momentos a nossa seleção e aos brasileiros que torcem por nós. Agradeço a Deus, meus pais, familiares e a todas as pessoas e profissionais que me ajudaram até esse momento”, destacou Edinara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário