n':

sábado, 9 de junho de 2018

São Domingos vence Dionízio em duelo truncado

Por Juliano Gomes
Biro (7) autor de um gol na partida passa pela forte marcação de Jorjão e Claudecir
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru
Finalistas da temporada passada protagonizaram duelo movimentado, alta temperatura e com poucas chances claras de gol.


Fazendo a reedição da final de 2017, São Domingos e Dionízio iniciaram a partida preliminar do Estádio Horácio Alves Cunha, no Jardim Bela Vista de maneira muito movimentada elevando a temperatura do duelo, porém sem lance de perigo de gol para ambos goleiros.

O primeiro lance da partida a chamar a atenção, foi a expulsão direta do diretor Marquinhos, alegado pelo árbitro da partida, reclamação excessiva, no banco de reservas depois de reclamar a marcação de falta após ser dado a cobrança de lateral, provocando lance de ataque em favor da equipe alvirrubra, gerando muita contestação por parte da equipe do Dionízio.

Depois da paralisação técnica para hidratação, o São Domingos chegou ao primeiro gol em jogada de bola parada, com Ricardo Canela aproveitando a bola alçada na área e finalizando de cabeça aos 34 minutos.

Sob muita contestação pela atuação indecisa do árbitro da partida, o duelo seguiu com placar inalterado até o encerramento do período.

No segundo tempo, aos 12 minutos o São Domingos ampliou o marcador com Bezerra aproveitando o cruzamento preciso do centroavante Civaldo que acabara de entrar no jogo, escorando de pé esquerdo no centro da meta do arqueiro Tutty.

Mais presente no campo de ataque, o São Domingos chegou ao tercerio gol, novamente com Bezerra aproveitando rebote dentro da grande área e finalizando no contrapé do goleiro Tutty aos 24 minutos.

Já nos acréscimos, o Dionízio, em cobrança de pênalti convertido por Biro, marcou o primeiro gol e dois minutos depois, Baiano aproveitou cruzamento para finalizar rasteiro no contrapé do arqueiro Robinho dando números finais ao duelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário