n':

PUBLICIDADE

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Alê e Daniel Bueno serão os líderes do Noroeste na Copa Paulista

Redação TNRB
Alê e Daniel Bueno serão as vozes da experiência noroestina na disputa da Copa
Foto: Bruno Freitas  ECN

Volante de 32 anos, ex-São Paulo e Atlético Mineiro, tem dois títulos de Libertadores no currículo e reforça o elenco ao lado de um centroavante que chega com fome de gols para sua 2.ª passagem pelo Norusca


O Noroeste confirmou, na noite desta segunda-feira (16), a contratação de dois jogadores que trazem bagagem de títulos, experiência e liderança para o grupo na disputa da Copa Paulista 2018, que terá início no dia 4 de agosto, contra o Rio Claro. São eles o volante Alê, 32 anos e o centroavante Daniel Bueno, de 34.

Alê tem um histórico no futebol que impõe respeito. Tem dois título de Libertadores. Um pelo São Paulo, em 2005, clube onde foi formado, e pelo Atlético Mineiro, em 2013. Natural de Embu das Artes (SP), destro e 1,77m de altura, Alê é um líder nato, daqueles que cobra o próprio rendimento o tempo todo e dos demais companheiros também. É um dos mais aplicados nos treinamentos da pré-temporada e será uma peça fundamental do Noroeste no decorrer do ano. O jogador defendeu também o Botafogo do Rio e depois jogou no futebol japonês, onde ficou três anos. Em 2010 ele estava naquele forte time do Santo André que disputou o título Paulista em uma final contra o Santos de Neymar, em 2010. No segundo semestre foi comprado pelo Atlético Mineiro, onde foi bicampeão da América em 2013. Alê tem ainda um título Mundial de Clubes e um Brasileiro Série A, no elenco do Tricolor. O atleta também defendeu as categorias de base da seleção. O último clube dele foi o Sertãozinho, que disputou a Série A2 do Paulista. 

Alê, Daniel Bueno e o goleiro Cairo são fortes candidatos para usarem a braçadeira de capitão da equipe comandada pelo técnico noroestino Betão Alcântara.

"NÃO DESISTO NUNCA"

Confiante no projeto do clube, o jogador falou da expectativa dele ao vestir a camisa alvirrubra. "Tenho uma liderança que é minha, desde moleque, e em todas equipes que passei, mesmo não sendo o capitão, sempre exerci essa função no grupo. Me doou o máximo. sou um jogador extremamente competitivo. E por ter passado por grandes clubes e ter conquistado títulos importantes, eu não desisto nunca dentro de campo. Cobro muito, a todos, mas sempre estou incentivando, dando força, aplaudindo as jogadas e colocando meus companheiros para cima para que possamos ter uma equipe vencedora", destaca o jogador.

DE VOLTA E COM FOME DE GOLS

O Norusca está com um novo centroavante e ele destaca que vem com vontade de balançar a as redes adversárias. Conhecido da torcida, Daniel Bueno, destro, 1,86m de altura, natural de Tietê (SP), foi formado pelo Atlético de Sorocaba. Jogou com destaque no São Caetano e Santo André, onde conquistou acesso da Série C para a Série B do Brasileirão de 2002 e o título da Copa Paulista de 2003. A partir de 2004 iniciou carreira no exterior, no Japão. Em 2006 recebeu convite do técnico Paulo Comelli para defender o Noroeste no Paulistão, onde conquistou o quarto lugar e o título de Campeão do Interior. Depois Daniel Bueno jogou no Atlético de Sorocaba e foi para fora do país outra vez, atuando na República Tcheca e Malta. Seu último clube foi o Náutico, em 2018, onde foi campeão pernambucano dando alegria ao torcedor que estava numa fila sem título há 11 anos.

"Sou um centroavante aguerrido, brigador. Não sou um atacante que fica parado esperando a bola. Busco sempre receber o passe. Me espelho muito no Ricardo Oliveira, com vontade de vencer. Quando o Alex Afonso me fez o convite para voltar ao clube, eu vim por acreditar no projeto, no clube e juntamente com meus companheiros fazer o Noroeste voltar ao lugar onde nunca deveria ter saído", comenta o jogador.

Fonte: EC Noroeste


Nenhum comentário:

Postar um comentário