PESQUISE

Bauru se impõe, vence o Fastbreak e avança à semifinal da Liga Sul-Americana

Por Edielson Pereira


Gui Santos marcando dois dos seus sete pontos no último quarto
Foto: Divulgação FIBA

Dominante do início ao fim, Dragão bate os donos da casa, elimina o rival e aguarda desfecho do grupo D para conhecer os últimos dois adversários da próxima fase.

Pela rodada derradeira do grupo C da Liga Sul-Americana realizada em Cali na noite desta quinta-feira (18/10), o Bauru Basket encerrou sua participação na primeira fase com grande estilo ao derrotar com contundência o time mandante do Fastbreak del Valle e garantir a sua classificação à próxima fase do torneio continental.

O confronto acontecido no ginásio Coliseo Evangelista Mora às 23:00 (horário de Brasília) foi vencido pela equipe brasileira pelo placar de 82 a 66 (parciais de 16 x 22, 15 x 19, 8 x 15 e 27 x 26).

Com esta vitória Bauru chegou a cinco pontos na chave e assegurou a vice-liderança ficando atrás apenas dos argentinos do Quimsa, que venceram o Minas na partida preliminar por 74 a 57 e fecharam a fase com três vitórias em três jogos.

Se antes de a bola quicar Bauru corria o risco de ser eliminado em caso de derrota e consequentemente sofrer desvantagem nos critérios de desempate, agora o Dragão somente espera a realização do grupo D para conhecer seus outros dois adversários das Semifinais. Um deles será o time argentino do Instituto de Córdoba (vice-líder da chave do grupo A, que teve o Franca como vencedor).

Complementarão o grupo bauruense o campeão da chave D e o melhor 3º colocado levando em consideração os grupos A, C e D. Na outra semifinal já estão Franca, Quimsa (ARG) e o Olímpia (PAR) que jogarão entre os dias 13 e 15 de novembro em Assunção (Paraguai). Eles aguardam apenas o desfecho da próxima chave para conhecer o 2º colocado que comporá o seu grupo.

O jogo

Jefferson William, destaque da noite com 24 pontos e 27 de eficiência
Foto: Divulgação FIBA

Com a formação inicial composta por Larry Taylor, Basílio, Jefferson, Lucas Mariano e Enzo Ruiz, coube ao ala argentino tirar o zero do marcador com uma bela cesta de três em favor do time brasileiro.

Almanza anotou os dois primeiros pontos para os colombianos e Larry aumentou a vantagem para 2 a 5. Aproveitando os vários erros de ataque dos anfitriões, o Bauru abriu segura vantagem na pontuação do quarto com cestas de Lucão (5), Ruiz (3), Jefferson (7) e Larry (2) para deixar 10 a 22 no placar.

De Jesus (4) e Renteria (2) marcaram os seis últimos pontos do quarto que acabou com vantagem bauruense por seis pontos sobre os colombianos: 16 a 22.

2º quarto: No segundo período o equilíbrio tomou conta porque o Fastbreak voltou com postura mais agressiva na tentativa de endurecer o jogo contra o Bauru. O Dragão porém não sucumbiu aos donos da casa e se manteve dominante do início ao fim do período.

Lucas Mariano anotou seis pontos no quarto e foi seguido de perto por Larry Taylor, que marcou cinco. Além deles, houve uma boa distribuição de pontos da equipe bauruense que completou os seus 19 pontos conquistados com Marcão, Fulvio, Jefferson e Ruiz (dois pontos cada).

3º quarto: Na volta do intervalo, Bauru não deixou o ritmo cair e foi consolidando sua vitória ao construir gradativamente sua vantagem sobre o Fastbreak. Jefferson, numa grande noite, anotou sete pontos no período e Lucão marcou seis. Juntos carregaram a pontuação bauruense que venceu o quarto por 15 a 8. 

4º quarto: No último período o Fastbreak tentou jogar o que não conseguiu durante os três quartos anteriores. A diferença porém não foi diferente, porque continuava encontrando um Bauru bem preparado defensiva e ofensivamente.


Cauê Verzola (à dir) em contra-ataque bauruense
Foto: Divulgação FIBA

Este foi o quarto do jogo cujo qual as equipes mais marcaram pontos (27 a 26 para os mandantes), mas que não foi o suficiente para desestabilizar o Dragão que segurou a boa vantagem construída desde o princípio. 

Os destaques no período ficaram a cargo de Karl Moore e Kenneth Brown Jr (do Fastbreak) que fizeram 12 e 11 pontos respectivamente, além de Jefferson e Gui Santos (Bauru) que anotaram respectivamente 8 e 7 pontos. Final, Fastbreak eliminado 66, Bauru Basket classificado, 82.

"A equipe estava muito bem conectada o tempo todo e sem dar chance ao adversário. Nós sabíamos da importância dessa vitória e isso fez a diferença. Os resultados positivos nos dão confiança e uma moral para voltarmos bem ao NBB e também para a próxima fase da Liga Sul-Americana”, disse o treinador Demétrius Ferracciú.


Números


Jefferson foi o atleta da noite que mais se destacou ao anotar 24 pontos, pegar oito rebotes e mais três assistências, computando 27 de eficiência.

Além dele Lucas Mariano anotou 19 pontos, 2 rebotes e 1 assistência; Larry Taylor com 11 pontos, 3 rebotes e 3 assistências; Marcão e Basílio com 5 e 4 rebotes cada e Cauê Verzola e Enzo Ruiz com 5 assistências cada.

Pelo lado do Fastbreak Kenneth Brown Jr foi o grande destaque ao obter 22 pontos, 2 rebotes e 1 assistência (19 de eficiência), seguido por Karl Moore que fez 12 pontos e 5 rebotes (17 de eficiência).


Sequência


A Liga Sul-Americana terá sequência já na próxima semana com a realização dos jogos do grupo D que acontecerão na cidade de Montevidéu, no Uruguai. Libertad Sunchales (ARG), Flamengo, Atletico Goes (URU) e Welcome (URU) são os integrantes. Os jogos deste grupo acontecerão entre segunda e quarta-feira.

Nos grupos anteriores, Franca sediou e jogou o Grupo A ao lado de Instituto de Córdoba (ARG), Leones de Quilpue (CHI) e Aguada (URU), enquanto que Olimpia (PAR), Iccan (EQU), Deportivo Calero (BOL) e Piratas de los Lagos (EQU) jogaram em Macas (EQU).

Momentaneamente Franca, Quimsa e Olimpia compõem o grupo E das semifinais, enquanto que Bauru e Instituto de Córdoba formam o grupo F.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.