PESQUISE

Impotente, Bauru perde em casa para o Flamengo por trinta pontos de diferença

Redação TNRB

Anderson Varejão e Cauê Verzola
Foto: Divulgação LNB

Foi uma noite terrível. Nem parecia que o palco era o mesmo que no dia anterior recebera a finalíssima do Paulista de Vôlei onde o SESI Bauru havia se sagrado campeão estadual. O jogo em questão, Bauru x Flamengo, válido pela 4ª semana do Novo Basquete Brasil.

O clássico nacional passou de longe daquele habitual confronto pegado, aguerrido, que ambas as equipes protagonizam a cada encontro. No Panela de Pressão, faltou pressão, e o Flamengo, com tranquilidade, venceu o time bauruense por trinta pontos de vantagem.

Com o placar de 47 a 77 (parciais de 7x17, 15x22, 18x20 e 7x18), o time rubro-negro aproveitou da condição de completude de seu poderoso elenco para chegar à sua sexta vitória em sete jogos e reassumir a liderança da competição nacional, triunfando sobre o muito desfalcado time bauruense que perdeu pela quinta vez e estacionado na 11ª colocação possui um aproveitamento de 28,6%.

Desfalcado de cinco atletas, o Dragão somou agora a baixa do jovem ala Samuel Pará, que numa disputa de rebote defensivo torceu o tornozelo e saiu de quadra mancando.

O Flamengo por sua vez, teve a oportunidade de colocar todos os seus atletas que estavam a disposição em quadra, e todos eles saíram dela com pelo menos um dígito anotado.

Ambas as equipes voltarão a se enfrentar no próximo dia 22/11 na cidade do Rio de Janeiro quando duelarão pelo grupo F da semifinal da Liga Sul-Americana.

 


O jogo

Jhonatan (Flamengo) e Enzo Ruiz (Bauru)
Foto: Divulgação LNB

O Flamengo foi absolutamente dominante. No primeiro quarto, vencido por 7 a 17, o destaque ficou por conta do ala/armador Deryk Ramos, que anotou seis pontos e pegou um rebote. Anderson Varejão foi outro que apareceu bem ao obter dois pontos e quatro rebotes (três defensivos).

Pelo lado do Bauru, Gustavo Basílio e Cauê Verzola foram os melhores da parcial, com três pontos e um rebote; e dois pontos, dois rebotes e uma assistência, respectivamente.

2º quarto

Após o desastroso período inicial, Bauru voltou um pouco melhor para o segundo quarto. Apesar de ter perdido por sete pontos de diferença (15 a 22), Samuel, Renato Scholz e Jefferson foram os melhores pelo time bauruense.

O ala paraense anotou quatro pontos dos quatro tentados, enquanto Renato, que também anotou quatro pontos, pegou um rebote defensivo. Jé por sua vez fez três pontos (numa bola três) e pegou outro rebote.

Pelo lado carioca, Olivinha e Marquinhos foram os que mais chamaram atenção. Ambos anotaram sete pontos, porém o pivô teve 100% de aproveitamento em sua performance e ajudou ao time do Rio de Janeiro a fechar o placar no período em 22 a 39.

3º quarto

No segundo tempo de jogo, apesar da supermacia flamenguista, Bauru foi razoavelmente melhor que nos quartos anteriores ao perder por somente dois pontos (18 a 20).

Destaques no quarto para o trio bauruense formado por Ruiz, Jefferson e Basílio, que anotaram sete pontos e um rebote; seis pontos e uma assistência e três pontos e um rebote, respectivamente.

O Flamengo por sua vez conseguiu utilizar bastante do rodízio e oito dos doze atletas que estavam a disposição pontuaram no quarto em favor do time da Gávea. Partida em 40 a 59.

4º quarto

Na última parcial as duas equipes já estavam com seus garotos em quadra e também aqueles que habitualmente não tem bastante minutagem.

A cinco minutos do fim, a formação bauruense era composta por Marcão, Emanuel, André, Renato e Gustavo Basílio, e o Flamengo por Matheusinho, João Vitor, Jhonatan, Crescenzi e Deryk.

Com o placar de 7 a 18 na parcial em favor dos cariocas, as equipes apenas cozeram a partida até que se chegasse ao final. Para o Flamengo, os maiores pontuadores do quarto foram Olivinha (sete + dois rebotes) e João Vitor (cinco pontos + quatro rebotes). 

Pelo lado do Bauru, somente Marcão (4) e Cauê Verzola (3) pontuaram, com o pivô bauruense pegando ainda outros dois rebotes. Final de partida, 47 Bauru Basket, 77 Flamengo.

Enzo Ruiz e Deryk Ramos
Foto: Divulgação LNB

Números

Olivinha, com 14 pontos, foi o cestinha da partida. O pivô somou ainda outros quatro rebotes e atingiu eficiência de 17. Além dele, se destacaram pelo lado rubro-negro Anderson Varejão (7 pontos, 11 rebotes e duas assistências - eficiência de 16) e Davi Rossetto (com 10 pontos, 3 rebotes e 1 assistência - eficiência de 12).

Pelo time de Bauru, Cauê Verzola foi o mais regular ao atingir 5 pontos, 5 rebotes e 2 assistências (eficiência de 9) seguido por Gustavo Basílio (que atingiu 6 pontos, 4 rebotes e 3 assistências - eficiência de 8). Jefferson no entanto, foi o cestinha com nove pontos.

Na rodada seguinte, o Bauru voltará à quadra para enfrentar o Minas novamente no Panela de Pressão, na quinta-feira (08/11), às 20:00hs, enquanto o Flamengo vai até Franca enfrentar o time da casa no ginásio Pedrocão, no mesmo dia, às 20:45.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.