PESQUISE

Reedição: Após um ano, Mulekadinha e Meninos iniciam decisão por título 2ª divisão da LBFA


Mulekadinha da Indepa, campeão de 2017, busca o bi-campeonato
Foto: Divulgação Mulekadinha da Indepa

Foram sete meses de campeonato e 224 jogos realizados para que se conhecesse os dois grandes finalistas da temporada de 2018 da 2ª divisão da Liga Bauruense de Futebol Amador.

E quis o destino que os times que talvez mais se conheçam nesta competição estivessem novamente frente a frente na disputa do título de campeão: Mulekadinha da Indepa e Meninos da Vila.

Oriundos da Vila Independência e Parque Santa Edwiges, respectivamente, as equipes voltam a medir forças na final após um ano, quando também disputaram  troféu de campeão no ano de 2017. Naquela ocasião, a Mulekadinha ficou com o caneco.

Em sua terceira final consecutiva (vice-campeão em 2016), o time comandado pelo técnico Wagner Bregola reconhece a qualidade de seu oponente, porém carrega consigo a experiência de já ter sido campeão uma vez:

"Para nós não há surpresa nessa final. Eles (Meninos da Vila) têm uma equipe muito qualificada e não é novidade para ninguém eles estarem novamente onde estão. Por outro lado entendemos que nós sim, da Mulekadinha, somos novidade, pois oscilamos bastante durante todo o campeonato. Porém crescemos na hora certa e vamos com muita vontade de ganhar mais um título. Nós estamos com a cabeça boa. Sabemos que vai ser difícil porque eles possuem a melhor equipe do campeonato", destacou Binho, diretor da Mulekadinha.



Reencontro

Este será o quinto confronto entre ambos os times nesta temporada. Nos quatro jogos que realizaram anteriormente, dois empates e duas vitórias da Mulekadinha marcam o retrospecto: 0 a 0 na primeira fase em 28/07, 1 a 1 na segunda fase em 15/09, 1 a 0 na terceira fase em 06/10 e 1 a 0 na quarta fase em 27/10. 

Os times chegaram até essa final após despacharem no quadrangular semifinal as estreantes equipes do Nicéia e do Catadortmund. Após três jogos com campanha de duas vitórias e um empate, a Mulekadinha ficou com a primeira colocação, seguida pelo Meninos, que nos mesmos três jogos venceu dois e perdeu um.

Agora, na final, não existirá nenhum tipo de vantagem durante as disputas. De acordo com a observação em comunicado pela LBFA, "na eventualidade de empate entre os clubes finalistas por pontos ganhos, na série de duas partidas, serão cobradas, após um descanso de 15 (quinze) minutos, uma série de 05 (cinco) penalidades máximas por cada equipe, por Jogadores alternados e, persistindo o empate, serão cobradas penalidades alternadas por cada clube e por jogadores alternados, até que se conheça o campeão de 2018".

O duelo está com horário previsto para inciar às 14:40 com tolerância máxima de 20 minutos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.