PESQUISE

Fenômeno mundial, Liga Bauruense organiza 1ª Copa de Futebol Digital



Estádio Alfredo de Castilho receberá a 1ª Copa da Liga Bauruense de Futebol Digital e Virtual
Foto: Divulgação EC Noroeste

Surgido em meados dos anos 2000, o eSports (Esportes Eletrônicos) vieram para ficar. Uma modalidade esportiva pautada em competições profissionais com videogames e que teve sua origem possivelmente no continente asiático, em países como a Coréia do Sul e outros menores, além de Europa, tem se tornado cada vez mais popular e ganhadora de milhões de adeptos em todo o mundo a cada ano que passa. 

E esse crescimento exponencial vem acompanhado de maneira proporcional à medida em que grandes jogos como League of Legends (LoL), DotA 2, Counter-Strike e Starcraft se tornam mais comuns na nossa sociedade, especialmente entre o público jovem.

A fórmula para se tornar febre mundial, no entanto, foi certeira: games populares com torneios que pagam grandes prêmios e jogadores que se tornaram celebridades, explicam os motivos que fizeram o eSport se tornar um dos gêneros de competição mais populares no mundo inteiro. 


No Brasil

Final do CBLoL no Allianz Parque
Foto: Felipe Vinha / TechTudo


No Brasil, o eSport ainda está crescendo, apesar de ser um gênero de competição já bem popular. O game mais famoso neste sentido por aqui é o LoL, graças ao suporte dado pela produtora Riot Games em torneios oficiais, como o Campeonato Brasileiro, ou CBLoL, como também é chamado. Jogos como Counter-Strike, Street Fighter e Fifa também possuem torneios locais, porém menores. Além disso, eventos como Brasil Mega Arena e Brasil Game Show promovem seus próprios torneios de eSports, contemplando diferentes jogos e com premiações variadas.

O futebol, esporte número um de todo universo, também tem ganhado espaço neste segmento. Torneios de Fifa (conforme citado acima) e PES (Pro Evolution Soccer) tomam conta da cabeça dos apaixonados pelo gênero. Apesar de não existir um grande mundial como ocorre nos Mobas (Multiplayer online battle arena - traduzido por "arena de batalha multijogador online"), organizações locais costumam criar campeonatos oficiais que valem premiação em dinheiro e rankings. Como, por exemplo, o Arte Virtual Fifa Clube, que é uma comunidade brasileira de Fifa que promove os jogadores profissionais e torneios.



Em São Paulo



No Estado de São Paulo, a Federação Paulista de Futebol já deu o primeiro passo rumo à promoção do eSports. Em 2019, a entidade paulista promoverá o primeiro Paulistão League, que visa colocar o tradicional e centenário Campeonato Paulista na rota do futebol virtual com jogos em sua fase presencial simultâneos aos do Paulistão 2019, inclusive obedecendo a tabela real da competição.

O campeonato contará com a participação de representantes de times das Séries A1, A2 e A3 do estadual, cujo democrático torneio de PES2019 da FPF já teve as inscrições realizadas entre os dias 24 de outubro e 7 de novembro. Sua tabela, no entanto, será divulgada ainda neste ano, quando ocorrerá inclusive a fase on-line. Os campeões jogarão o torneio presencial representando o time pelo qual se classificaram.


Nesta fase presencial do torneio, a tabela de jogos obedece a dos Campeonatos Paulistas das três primeiras divisões, sendo que pelo menos um jogo por rodada será de fato presencial, em estádios a serem definidos. Cada série do Paulistão terá o seu campeão e, posteriormente, haverá a unificação dos títulos. O campeão máximo terá vaga no torneio Sul-Americano da categoria.

Em Bauru, o Esporte Clube Noroeste incentivou seus torcedores a realizarem suas respectivas inscrições para representarem o alvirrubro neste Estadual. Essa primeira fase (online) estarão todos os jogadores que se cadastraram com o clube. Eles vão jogar um contra o outro até que restem oito participantes. Destes oito, haverá a etapa presencial no estádio onde também jogarão neste sistema até que haja um vencedor que será o representante do time de Bauru no estadual. E então, com um representante de cada equipe das séries A1, A2 e A3, acontecerão os Campeonatos Paulistas.







Em Bauru

Também embalado pela febre que tem se tornado o mundo do eSports, Lucas Rodrigues teve a ideia de criar a Liga Bauruense de Futebol Digital e Virtual, com o intuito não somente de popularizar o esporte na cidade, como também o de promover a integração entre os próprios jogadores.

Ele, que trabalha a princípio sozinho, promoverá a primeira Copa LBFDV (iniciais da entidade) no próximo dia 15 de dezembro, no estádio Alfredo de Castilho, mediante parceria com o próprio Esporte Clube Noroeste. 

Em bate-papo com o representante da Liga e organizador do campeonato, Lucas comentou tudo a respeito da criação desta entidade, da primeira copa, das intenções e dos objetivos que tem acerca da expansão da modalidade na cidade.

"Esse vai ser o primeiro campeonato da Liga, que foi criada recentemente e está no início das divulgações. Por conta disso, ainda não possuímos filiados. Contudo, nosso intuito maior é o de estimular a existência de mais campeonatos desse tipo aqui na cidade, uma vez que essa área de eSports tem crescido bastante e promovendo o surgimento de campeonatos oficiais, como o próprio Paulistão e o Brasileirão (encerrado há dois dias). Além de tudo, também queremos promover um tipo de lazer, algo que seja diferente, porque hoje em dia, pelo fato de as pessoas jogarem muito videogame online, acabam não tendo contato presencialmente umas com as outras", destacou.

Ele rechaça, no entanto, que este campeonato em promoção não tem qualquer tipo de relação com o que a Federação Paulista está realizando. Entretanto, informa que os campeonatos promovidos pela LBFDV servirão de classificatórios para campeonatos estaduais.




"Nós não temos nenhuma relação (com o Paulistão). Este campeonato é organizado pela Federação Paulista de Futebol e as respectivas inscrições são feitas de forma diferente. Porém, a Liga (Bauruense) dará quatro vagas em um campeonato futuro que será realizado no meio do ano que vem, em que estes melhores colocados vão disputar a Copa Paulista em São Paulo, um campeonato que é organizado pela Federação Paulista de PES (FPPES), no qual nós somos filiados. Essa Copa, por sinal, já é um campeonato maior. Por enquanto não há lugar definido para sua realização, mas existe a expectativa de que aconteça no estádio do Pacaembu. Esta Copa tem uma premiação bem maior e conta com os melhores jogadores do país no segmento, a exemplo do GuiFera, que é uma referência e campeão inclusive de campeonato mundial entre outros mais. Também para o futuro, fora este campeonato que faremos agora em dezembro, pretendemos fazer outros três no ano que vem, sendo o último o que dará as vagas à Copa Paulista".

E como critério para participação desses tidos "campeonatos especiais", Lucas pensa em, além de conceder vaga ao campeão e vice do campeonato classificatório, instituir também a criação de um ranking, em que, conforme demanda, os melhores posicionados possam também ganhar vagas aos campeonatos em questão.

Ele também reitera que existem custos para participar destes campeonatos maiores, mas que serão bancados conforme arrecadações das competições locais. Dentro de tudo isso, ele tenta viabilizar formações de parcerias. Uma delas, com o próprio Noroeste. Uma de suas sugestões, inclusive, é que de alguma forma, o clube possa vestir o atleta que vai disputar o campeonato estadual representando a cidade de Bauru, promovendo, de forma consequente, ainda mais o manto alvirrubro estado a fora, a exemplo do que fazem os times da Ferroviária de Araraquara e do Corinthians.

O gamer conclui dizendo que espera uma ascensão da modalidade em nossa cidade para que estejamos todos em maior evidência neste esporte, que tem a tendência de continuar em expansão.

"Espero de fato que com a Liga e os campeonatos, possamos fortalecer esse cenário e criar uma comunidade de jogadores aqui de Bauru e região, para, assim, podermos disputar campeonatos fora da cidade, do Estado e até do país".

A Copa que será realizada no dia 15/12 (sábado), acontecerá nas cabines de imprensa do Alfredão onde estarão dispostos quatro televisores (com um videogame cada), tendo a vista do gramado ao fundo. Serão quatro partidas simultâneas no sistema de mata (perdeu, está eliminado). 

As vagas são limitadas e um terço delas já estão preenchidas. Serão ao todo 32 disponíveis ao custo de R$ 10,00 por inscrição. A premiação será de R$ 100,00 mais troféu e medalha ao campeão, R$ 50,00 + medalha ao vice-campeão, e medalha ao 3º colocado.

Para se inscrever na 1ª Copa LBFDV, basta clicar aqui. Outras informações, acesse a fanpage da Liga Bauruense.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.