Parceiro

Em jogo emocionante, Sesi Vôlei Bauru vence Osasco/Audax na Superliga Cimed 2018/2019

Redação
Lance de ataque da ponteira Palácio na vitória sobre as osasquenses
Foto: Marcelo FErrazoli / Sesi Vôlei Bauru

O Sesi Vôlei Bauru venceu o Osasco/Audax por 3 a 2 (26/24, 21/25, 26/24, 19/25 e 19/17), nesta sexta-feira à noite, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), pela segunda rodada do returno da Superliga Cimed 2018/2019.


Com o resultado, a equipe se reabilita da derrota sofrida diante do Hinode/Barueri na estreia da segunda fase e chega aos 23 pontos somados com campanha de oito vitórias e cinco derrotas. Além disso, dependendo do resultado do confronto entre BRB/Brasília x Sesc RJ, que também se enfrentariam hoje à noite, pode retornar ao grupo dos quatro melhores na tabela de classificação.

Agora o time focará sua atenção para o próximo compromisso pela Superliga Cimed 2018/2019, que será diante do Minas Tênis Clube, na terça-feira, 29, às 19h30, em Belo Horizonte (MG), para onde o Sesi Vôlei Bauru viajará neste domingo, 27. O duelo será transmitido ao vivo pelo SporTV2.

E, após encarar as mineiras, o Sesi Vôlei Bauru já partirá rumo a Gramado (RS), onde enfrentará o Dentil/Praia Clube, às 19h30, no ginásio Perinão, em duelo válido pelas semifinais da Copa Brasil, que também terão Minas Tênis Clube x Osasco/Audax, às 21h30, no mesmo local. Ambas as partidas serão transmitidas ao vivo pelo SporTV2.

O jogo

O Sesi Vôlei Bauru iniciou o jogo contra o Osasco/Audax com a seguinte formação: Fabíola, Palacio, Gabi Candido, Valentina Diouf, Andressa Picussa, Valquiria e Tássia. O primeiro set teve início equilibrado, mas o Osasco/Audax, com saque agressivo, complicou bastante o passe do Sesi Vôlei Bauru e abriu quatro pontos de vantagem, obrigando Anderson Rodrigues a parar o jogo. No reinício o Sesi Vôlei Bauru empatou no 21/21 e virou para 24/23 com ace de Palacio. Em seguida, Tifanny erra ataque e o Osasco/Audax empata em 24/24. Com bloqueio de Andressa Picussa o Sesi Vôlei Bauru fez 25/24 e fecha em 26/24 após erro de ataque do Osasco/Audax.

No segundo set o domínio das ações se inverteu e foi o Sesi Vôlei Bauru quem abriu vantagem, que chegou a ser de seis pontos no 18/12. Mas a equipe bauruense caiu de rendimento e voltou a cometer inúmeros erros, permitindo a reação do Osasco/Audax, que empatou no 20/20, virou no 21/20 e, em seguida, fechou em 25/21 em sequência de erros do Sesi Vôlei Bauru.

Jogadoras comemoram a vitória suada após partida eletrizante
Foto: Marcelo Ferrazoli / Sesi Vôlei Bauru

O terceiro set foi bastante equilibrado e disputado ponto a ponto. O Osasco/Audax chegou a ficar em vantagem no placar, mas o Sesi Vôlei Bauru reagiu e na reta final do parcial virou em 21/20. Em final de set emocionante, o Osasco/Audax volta a empatar em 22/22 e o Sesi Vôlei Bauru chega ao set point em 24/23 em ataque de Valquiria, mas Hooker deixa tudo igual em 24/24. Valquiria faz 25/24 para o Sesi Vôlei Bauru, que fecha em 26/24 em erro da levantadora Carol Albuquerque.

O Sesi Vôlei Bauru volta a oscilar negativamente no quarto set permitindo ao Osasco/Audax abrir seis pontos de vantagem no 8/2. O Sesi Vôlei Bauru esboça reação, mas é logo contido pelo Osasco/Audax, que aproveita os erros da equipe bauruense e amplia a vantagem para sete pontos no 18/11, obrigando Anderson Rodrigues a pedir tempo. No reinício o Sesi Vôlei Bauru diminui a desvantagem para quatro pontos no 19/15 e é a vez de Luizomar de Moura, técnico do Osasco/Audax, parar o jogo. Mas o Sesi Vôlei Bauru volta a cometer erros em momentos decisivos e o Osasco/Audax aproveita e fecha a parcial em 25/19.

O quinto set foi um verdadeiro “teste para cardíaco”, pois foi disputado ponto a ponto e sem nenhuma das equipes conseguindo abrir vantagem no placar. Até que, na reta final, o Sesi Vôlei Bauru conseguiu ser mais eficiente que o Osasco/Audax e finalizou a parcial em 19/17 e o jogo em 3 a 2.

As maiores pontuadoras do Sesi Vôlei Bauru no confronto foram a oposta Valentina Diouf, com 19, a central Andressa Picussa, com 14, a central Valquiria e a ponteira Tifanny, ambas com 13, e a ponteira Palacio. O Troféu Viva Vôlei como destaque do jogo ficou com a levantadora Fabíola, do Sesi Vôlei Bauru.

O técnico Anderson Rodrigues destacou a conquista da vitória. “Foi extremamente importante para nós esse resultado. Foi um jogo de muitos erros, de ambas as equipes, mas no momento decisivo do quinto set soubemos ter mais discernimento e fomos felizes com a vitória. Mas o time ainda vem oscilando muito e precisamos trabalhar ainda mais para corrigirmos isso”, ressaltou o treinador do Sesi Vôlei Bauru.

Fonte: Sesi Vôlei Bauru



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.