Sesi Vôlei Bauru vence São Cristóvão Saúde/São Caetano na Superliga Cimed 2018/2019

Redação
Ataque bauruense durante a partida frente as caetanenses pela Superliga
Foto: Marcelo Ferrazoli / Sesi Vôlei Bauru

O Sesi Vôlei Bauru venceu o São Cristóvão Saúde/São Caetano por 3 a 2 (25/21, 22/25, 25/18, 24/26 e 15/13), nesta sexta-feira à noite, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), pela oitava rodada do returno da Superliga Cimed 2018/2019.



Com o resultado, a terceira vitória consecutiva após os triunfos diante do Curitiba Vôlei e do BRB/Brasília Vôlei, a equipe agora soma 31 pontos após 11 vitórias e oito derrotas e mantém-se na luta para retornar ao grupo dos quatro melhores colocados, posição que, nas disputas das quartas de final – fase em que já está matematicamente garantido –, lhe daria vantagem de jogar duas vezes em casa nos três confrontos previstos para os playoffs.

O próximo compromisso do Sesi Vôlei Bauru na competição será diante do Vôlei Balneário Camboriú no dia 26, às 20h, no ginásio Hamilton Cruz, em Camboriú (SC), em duelo válido pela nona e antepenúltima rodada do returno da Superliga Cimed 2018/2019.

O jogo

O Sesi Vôlei Bauru iniciou o duelo com a seguinte formação: Fabíola, Tifanny, Gabi Cândido, Valentina Diouf, Andressa Picussa, Valquiria e Tássia. O primeiro set começa com o Sesi Vôlei Bauru abrindo vantagem de cinco pontos no 8/3, obrigando o São Caetano a pedir tempo. No reinício o São Caetano diminui para dois pontos no 10/8 e é a vez de Anderson Rodrigues parar o jogo. O duelo segue equilibrado até o São Caetano empatar em 19/19 e Anderson pedir tempo novamente. Aproveitando os erros do São Caetano, o Sesi Vôlei Bauru abre três pontos de vantagem e chega a 22/19, encaminhando a vitória na parcial por 25/21.

O triunfo bauruense foi o terceiro consecutivo dentro da competição nacional
Foto: Marcelo Ferrzoli / Sesi vôlei Bauru

O segundo set foi ainda mais equilibrado que o anterior, com os times se alternando à frente do placar e sem abrir grande vantagem até o São Caetano se aproveitar de sequência de erros do Sesi Vôlei Bauru e chegar ao 19/16, quando Anderson Rodrigues pede tempo. O Sesi Vôlei Bauru reage e empata em 19/19, mas o São Caetano se aproveita de sequência de erros da equipe bauruense e fecha o set em 25/22.

O terceiro set foi controlado pelo Sesi Vôlei Bauru desde o início. O Sesi Vôlei Bauru largou na frente e não permitiu ao São Caetano ameaçar em nenhum momento, sendo eficiente nos momentos decisivos e controlando os nervos, especialmente, na reta final da parcial, quando deslanchou e venceu por 25/18.

O quarto set foi complicado para o Sesi Vôlei Bauru, que sofreu com muitos erros e permitiu ao São Caetano controlar as ações. Além disso, jogou parte do set sem a líbero Tássia, expulsa pela arbitragem por reclamação quando o placar apontava 18/14 para as caetanenses. O Sesi Vôlei Bauru ainda tentou reagir, mas o São Caetano foi mais eficiente e fechou a parcial em 26/24.

O quinto set foi um verdadeiro “teste para cardíacos”. Disputado ponto a ponto do início ao fim, nenhuma das equipes conseguia se distanciar do placar e a parcial seguiu desta forma até o Sesi Vôlei Bauru conseguir se impor na reta final e fechar em 15/13.

Tifanny desequilibrou na partida marcando 25 pontos sendo a maior pontuadora
Foto: Marcelo Ferrazoli / Sesi Vôlei Bauru

As maiores pontuadoras do Sesi Vôlei Bauru no confronto foram a ponteira Tifanny, com 25 pontos, as centrais Andressa Picussa e Valquíria, ambas com 14, a ponteira Edinara, com 13, e a ponteira Gabi Candido, com 10. O Troféu Viva Vôlei ficou a líbero Tássia, do Sesi Vôlei Bauru.

“Foi um jogo nervoso e com muitos erros de ambos os lados, mas vencemos e foi muito importante. Espero que consigamos aprender com nossos erros, principalmente nos momentos decisivos do set”, analisou o técnico do Sesi Vôlei Bauru, Anderson Rodrigues.

Fonte: Sesi Vôlei Bauru



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.