Técnico Betão Alcântara avalia Noroeste na 1.ª metade do Paulista

Redação
Conhecedor a divisão Betão Alcântara fez avaliação do início da competição
Foto: Bruno Freitas / ECN

Atual campeão da divisão, treinador fez um balanço do time nas primeiras oito rodadas e destacou a melhor partida e os jogos que mais lhe desagradaram na Série A3


Pouco antes de mais um confronto decisivo, diante do terceiro colocado Capivariano, na casa do adversário, que acontece neste sábado (23), às 17h, na Arena Capivari, o técnico do Noroeste Betão Alcântara falou sobre o time nesta primeira metade do Paulistão. Atual campeão da Série A3, levantando o troféu com o Atibaia em 2018, o treinador do Norusca, já com o time noroestino em Capivari desde a tarde desta sexta-feira (22), falou que faltou dois pontos para alcançar a meta que estipulou inicialmente e analisou detalhes sobre três confrontos neste início de competição.

SÉRIE A3 MUITO EQUILIBRADA

"Essa primeira metade do campeonato está dentro daquilo que a gente imaginava, não em termos de pontuação, porque a minha ideia era fazer uma média de dois pontos por jogo, e hoje nós estamos com 14, dois pontos a menos do que eu pretendia. Mas fazia muitos anos que eu não via uma Série A3 tão equilibrada. Em contrapartida, desde a segunda rodada nós estamos no G4, enquanto a maioria dos outros times está oscilando. E isso mostra o equilíbrio da competição. Acredito que isso vai seguir assim até a reta final, onde vai decidir os oito classificados", avalia o treinador do Noroeste.

MELHOR PARTIDA

Betão Alcântara destaca que o jogo mais importante do Noroeste até aqui, em termos de rendimento, foi contra o Barretos, em casa. "Vencemos por 1 a 0, diante do único adversário que foi a Bauru para jogar de igual para igual, e tivemos um rendimento muito bom. Nos outros nós tivemos que propor o jogo o tempo todo, e não fomos eficientes nas definições das jogadas. Ofensivamente nós estamos devendo, principalmente na última bola, a de definição, mas estamos trabalhando para que haja uma melhora no mais curto espaço de tempo possível".

JOGOS QUE DESAGRADARAM

O treinador do Norusca ressalta que o grande objetivo é conseguir a classificação o quanto antes, mas admitiu que o time vem treinando bastante para melhorar. "Estamos trabalhando muito para isso. E o jogo que mais me desagradou foi contra o São Carlos, no geral. A nossa equipe não se comportou bem fora de casa. Pegamos um adversário mais limitado tecnicamente e não tivemos competência para ganhar o jogo naquela oportunidade. E eu acredito também que o primeiro tempo do jogo contra o Batatais, fora de casa, nós estivemos muito abaixo do que poderíamos render, talvez pela formação que eu iniciei o jogo. Assumo total responsabilidade por ter entrado com uma formação que depois eu percebi que não era a ideal naquele momento, mas cabeça de treinado é assim mesmo, às vezes você pensa uma coisa e acontece outra. Mas agora estamos firmes e fortes para enfrentar um adversário que vem num momento muito bom dentro da competição, que é o Capivariano, e tenho fé em Deus que vamos fazer um grande jogo e trazer um grande resultado para Bauru", finaliza Betão Alcântara.

Fonte: EC Noroeste


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.