Parceiro

Do pesadelo à realidade: Vitor Gava volta ao time titular do Norusca

Redação
Vitor Gava está recuperado e garantia no elenco que encara o Monte Azul
Foto: Bruno Freitas / ECN

Zagueiro  de 27 anos volta a atuar oficialmente pelo clube após passar por período frustrante de lesões na carreira.


Após período de dois anos sem atuar pelo Norusca oficialmente, o zagueiro Vitor Gava voltará a jogar uma partida pelo Noroeste, neste Domingo, quando o clube bauruense encara o desfalcado Monte Azul na rodada derradeira da primeira fase do Campeonato Paulista.

O time já está classificado, mas está de olho no posicionamento dentro do G-4 e por isso, Betão não deverá ousar na escalação da equipe que atualmente ocupa a terceira posição na classificação geral. Porém, a única certeza até o momento é o nome do zagueiro de deverá fazer dupla com o xerife da zaga, Jean Pierre ou com Junior Campos.

Gava foi líder do setor defensivo do time no ano de 2017 na disputa da Série A-3 e no clássico contra o MAC, hoje na série B do Estadual, acabou lesionando o joelho e consequentemente passando por cirurgia. Recuperado, o zagueiro não voltou durante o campeonato, mas se preparava para a disputa da Copa Paulista, quando descobriu um cisto no posterior do joelho direito, ocasionado pela frouxidão do ligamento, tirando o jogador dos gramados e sendo operado novamente.

“Depois da lesão contra o Marília eu me recuperei rápido, cerca de um mês, mas como não avançamos para a segunda fase, acabei não retornando naquele mesmo estadual. Depois, na pré-temporada da Copa Paulista de 2017, surgiu um cisto na parte posterior do meu joelho direito, que me deixou bastante preocupado e precisei fazer aplicações de medicamentos e retirada do líquido que se formou na perna. O motivo do cisto foi uma frouxidão do ligamento cruzado do mesmo joelho direito, que precisei operar”, explica o atleta.

Operado no HCor pelo conceituado cirurgião ortopédico Rene Abdalla, o zagueiro passou por recuperação de seis meses, ficando fora do Paulistão de 2018. Depois de recuperado, já na pré-temporada para a Copa Paulista, Gava fraturou o quinto metatarso do pé direito e ficou afastado por 40 dias.

Confiança será fundamental no retorno do zagueiro à equipe alvirrubra
Foto: Bruno Freitas / ECN

"Quando machuquei pela última vez pensei que não daria mais, cogitei desistir e parar de jogar, mas o meu sonho de ser vencedor é maior do que tudo. E eu tenho uma tatuagem que diz: ‘tudo passa’, porque acredito que se você está num momento bom é preciso aproveitar o tempo dele. E se a situação não é boa eu tenho fé que irá ser superada.", comenta o jogador.

Depois do pensamento de desistir da carreira, Vitor Gava vê motivação maior em voltar a fazer o que mais gosta, que é estar em atuação dentro de campo e, além da força de vontade, a crença foi outro fator determinante na carreira do atleta noroestino. "Depois de dois anos e alguns dias vou voltar a fazer uma partida oficial. E eu estava esperando essa oportunidade nos últimos 14 jogos, sempre trabalhando ao lado dos meus companheiros de Noroeste no dia a dia. É uma alegria e tanto. Vou fazer o meu melhor porque a motivação está lá em cima. E as coisas vão acontecer naturalmente", disse o zagueiro noroestino, que ponderou:

"A palavra de ordem é felicidade. Retornar a fazer o que gosto, mostrar novamente o meu futebol pra torcida, pra comissão técnica e para mim mesmo. E essa oportunidade é muito importante. Vamos, juntos, em busca da vitória".

Duelo em casa e adversário desfalcado

A despedida do Noroeste na primeira fase do Paulistão A-3 será neste domingo, às 10h no estádio Alfredo de Castilho, quando a equipe de Betão Alcântara receberá o Monte Azul que ainda briga por por melhor posicionamento dentro da tabela de classificação. Crianças até 12 anos não pagam ingresso.

O adversário do Norusca jogará desfalcado de cinco jogadores titulares e o técnico Régis Angeli não contará com o volante Hugo, o zagueiro Ronaldo e o atacante Jhonatan estão pendurado e não vijam à Bauru. O volante Túlio, lesionado e o zagueiro Lucas Cezani, suspenso, também estão fora do time.

A provável escalação do Monte Azul para encarar o Noroeste será: Caio; Ferrugem, Técio, Gabriel Caran e Gelsinho; Gustavo Diniz, Luizinho e Gabriel Souza; Juca, Caio Martins e Johny.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.