Parceiro

Noroeste busca o empate dentro de casa e se mantém no G-4 da Série A-3

Redação
Pedro Felipe fez a função de centroavante no empate do Noroeste
Foto: Bruno Freitas / ECN

Resultado adiou a classificação do Noroeste por mais uma rodada e a equipe segue brigando no G-4 por vaga antecipada.


Na manhã desse domingo, 17, jogando no estádio Alfredo de Castilho, o EC Noroeste recebeu o Rio Preto EC pela décima segunda rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A-3 contando com diversos desfalques, dentre eles, o atacante Leandrinho, principal referência ofensiva da equipe.

Com uma equipe retrancada e jogando "por uma bola", o Jacaré concentrava seu ataque em Gabriel Barcos, bauruense e ex-Noroeste, que fazia a ponte no meio de campo, para desviar de cabeça as bolas alçadas do sistema defensivo visando deixar o camaronês Arnold livre para a finalização, porém a anulação das jogadas do camisa 9 do Rio Preto veio através da forte marcação do zagueiro Jean Pierre.

Por outro lado, com a bola no chão, o Noroeste era quem ditava o ritmo da partida e teve as principais chances de abrir o marcador em jogadas com o lateral-direito Pacheco, volante John Egito e o atacante Pedro, que não conseguiram converter em gol, permanecendo o empate até o término da primeira etapa.

Lateral-esquerdo Renan marcou um gol que foi anulado por impedimento
Foto: Bruno Freitas / ECN

Na volta do intervalo, o Noroeste que foi comandado interinamente pelo auxiliar e ex-jogador do Norusca Evandro Bira devido a expulsão do técnico Betão Alcântara na partida anterior, teve considerável queda de rendimento e após belo chute de fora da área de Max Pardalzinho, Cairo espalmou a bola para escanteio. Na cobrança, Gabriel Barcos, velho conhecido da torcida noroestina, subiu mais que a defesa alvirrubra e testou firme para colocar o Jacaré em vantagem no duelo aos seis minutos.

O gol fez com que o Noroeste acordasse no duelo e passasse a atacar mais o adversário e, as saídas velozes em contra-ataque renderam ao Norusca ótimas chances de gols. A entrada do atacante Talles Brener deu mais mobilidade ao ataque e depois de uma ótima trama ofensiva, o atacante deixou o centroavante Pedro de frente para a meta de Gustavo, mas a bola foi isolada sobre o gol.

O empate do Noroeste, que estava desenhado aconteceu aos 24 minutos, após Richarlyson invadir a grande área e tocar na saída de Gustavo, que acabou acertando o jogador Noroestino e o árbitro entendeu como penalidade. Na batida, o meia Léo Gonçalves acertou o ângulo esquerdo, deslocando o goleiro e igualando o placar no "Alfredão".

As modificações alvirrubras na partida mantiveram a equipe ofensiva, buscando o segundo gol que até aconteceu com Renan, que recebeu passe entre os zagueiro, driblou o goleiro e finalizou, mas o assistente anulou marcando impedimento.

Antes do término da partida, o meio-campista Richarlyson arriscou um chute de longa distância, a bola viajou até a meta e acertou o poste esquerdo do arqueiro Gustavo, se perdendo pela linha de fundo. Com o empate decretado, o Noroeste conquistou mais um ponto na corrida pela classificação.

Na próxima rodada, o alvirrubro enfrentará o líder Velo Clube fora de casa, na próxima quarta-feira, as 20h.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.