Parceiro

ABDA estreia com vitórias no 1º dia do Brasileiro de polo aquático na Arena

ABDA

ABDA venceu Flamengo por 9 a 6, na foto o jogador Thiago dos Santos, o Titi, no ataque
Foto: Divulgação ABDA

A Associação Bauruense de Desportes Aquáticos (ABDA) estreou com vitórias no primeiro dia de jogos da primeira etapa do Campeonato Brasileiro Interclubes de Polo Aquático categoria Sub-20 masculino e feminino, realizada em Bauru.

Os jogos que vão até domingo (5/5) são realizados a partir das 8h, com entrada gratuita, na Arena ABDA, sede da associação, na rua Fábio Geraldo, 3-50, Jardim Terra Branca. São mais de 140 atletas, disputando a fase classificatória do campeonato. As fases finais serão realizadas no Rio de Janeiro de 24 a 27 de outubro.

Feminino – Já nesta quinta-feira (2/5), houve confronto entre dois times da casa, ABDA e Sociedade Hípica de Bauru (SHB). O jogo entre as equipes femininas terminou com o placar em 13 a 4 para a ABDA.

O técnico da ABDA Emerson Martins destacou a atuação das atletas Ana Julia Batista e Isabela Mendes. No confronto caseiro, sobressaiu a qualidade do time mais experiente.

A treinadora Bárbara Amaro, da equipe da Hípica, comentou que apesar do placar elástico no final, todas as jovens atletas jogaram bem praticamente o tempo todo. “O jogo vinha parelho, mas houve uma queda no terceiro quarto, quando o time tomou muitos gols, o que foi decisivo”, afirmou.

Na última partida da quinta-feira, ABDA venceu o SESI pelo campeonato feminino, por 16 a 6.

Foto: Divulgação ABDA


Masculino – Pelos jogos do Campeonato Brasileiro sub-20 masculino, ABDA venceu Flamengo por 9 a 6 em um jogo que exigiu bastante dos atletas e o preparo físico da ABDA falou mais alto, com destaque para o atleta Thiago dos Santos Ferreira.

Também pelo masculino, o jovem time da Hípica com jogadores sub-18 enfrentou o Fluminense com garra, mas a vitória ficou com time do Rio de Janeiro por 18 a 6. “Destaque para Andrey, atleta de apenas 14 anos, encarando a categoria com jogadores de 20 anos”, ressaltou o técnico Alexandre Dezani.

Clique aqui para acompanhar todos os resultados da categoria feminina.

Clique aqui para acompanhar todos os resultados da categoria masculina.

Os jogos seguem até domingo (5/5), com entrada gratuita e transmissão ao vivo pela TV ABDA, na página da associação no Facebook (www.facebook.com/abdabauru). Os jogos das equipes da ABDA além de serem transmitidos também terão a tradicional narração.

A competição é realizada em Bauru pela ABDA em parceria com a Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB), Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) e apoio da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

Na categoria Sub-20 Masculino, estão inscritos os clubes: Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA-SP), Clube de Regatas do Flamengo (CRF-RJ), Fluminense Football Club (FFC-RJ), Sociedade Hípica de Bauru (SHB-SP), Esporte Clube Pinheiros (ECP-SP), SESI-SP, Club Athletico Paulistano (CAP-SP), Botafogo de Futebol e Regatas (BFR-RJ) e Clube Paineiras do Morumby (CPM-SP).

Na categoria Sub-20 Feminino, estão: Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA-SP), Esporte Clube Pinheiros (ECP-SP), Botafogo de Futebol e Regatas (BFR-RJ), Clube Paineiras do Morumby (CPM-SP), Clube de Regatas do Flamengo (CRF-RJ), Sociedade Hípica de Bauru (SHB-SP) e SESI-SP.

A ABDA é uma Entidade de Prática Esportiva (EPD) vinculada ao CBC e filiada à PAB. Em conjunto com a comissão técnica da EPD e acordado com a PAB, o CBC disponibiliza benefícios aos clubes participantes, como transporte aéreo e hospedagem integralmente custeados. A ABDA, por ser EPD vinculada ao CBC, não participa dos editais de fomento publicados pelo CBC.

Os Campeonatos Brasileiros Interclubes fazem parte da Política de Formação de Atletas do CBC, que visa o desenvolvimento de seus clubes integrados atuando sob três pilares: a aquisição de materiais e equipamentos esportivos, a viabilização de equipes técnicas e multidisciplinares que apoiam os esportistas, e a participação em competições, que se estenderão até 2020, ano dos Jogos de Tóquio. Neste contexto, Confederações e Ligas são responsáveis pela organização destas competições, garantindo a sustentabilidade técnica e oficialidade dos campeonatos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.