Parceiro

Parceria entre ABDA e Unesp alia esporte e ciência

ABDA

Projeto conta com palestras, estudos e experimentos que buscam evidências
na melhora do desempenho dos atletas
Foto: Divulgação ABDA

A Associação Bauruense de Desportes Aquáticos (ABDA) firmou parceria com o Laboratório de Fisiologia e Desempenho Humano (LAFIDE) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) para a realização de experimentos científicos junto aos atletas da associação, dentro do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Motricidade, mestrado e doutorado.

A parceria idealizada, no início de 2019, pelo coordenador do LAFIDE professor Dr. Alessandro Moura Zagatto, o mantenedor da ABDA Claudio Zopone e o coordenador da ABDA Vinicius Marques envolve as modalidades polo aquático, natação e atletismo.

“A ideia foi fortalecida por trabalhos anteriores realizados pelo LAFIDE na ABDA, publicados em revistas científicas internacionais importantes para a área de ciência do Esporte. Outro ponto é a possibilidade do LAFIDE permitir esse respaldo científico à ABDA”, conta Zagatto.

A principal finalidade do projeto “Suporte fisiológico para modalidades esportivas da Associação Bauruense de Desportes Aquáticos” é que o LAFIDE realize um suporte científico para ABDA.

Em maio, durante o Campeonato Brasileiro Sub-20 de Polo Aquático na Arena foram realizados experimentos
Foto: Divulgação ABDA

Para isso, o projeto conta com palestras de capacitação (seis já realizadas com os técnicos), avaliações físicas e fisiológicas, condução de estudos científicos, dissertações e teses na ABDA. “Além de ABDA produzir ciência, há a aplicação de evidências científicas na melhora do desempenho dos atletas”, explica o coordenador do LAFIDE.

Dessas atividades, alguns estudos científicos já foram realizados, como a coleta de doutorado do aluno Gabriel Pinheiro Brisola com a equipe feminina de polo aquático, em estudo envolvendo controle de carga no treinamento.

Também no polo aquático, em maio, foi realizado durante o Campeonato Brasileiro Sub-20 na Arena a utilização de terapia de luz de corpo inteiro para acelerar o processo de recuperação entre os jogos.

Tenda de altitude – Recentemente, atletas da equipe feminina de atletismo da ABDA passaram mais de 30 dias dormindo em uma tenda de hipóxia montada na própria arena ABDA. O equipamento simula estar a 3500 metros de altitude e objetiva o incremento da aptidão aeróbia pelo aumento da massa total de hemoglobina responsável pelo transporte de sangue.

Atletas da equipe feminina de atletismo passaram mais de 30 dias dormindo em uma tenda de hipóxia
Foto: Divulgação ABDA

Profissionais e professores da Unesp envolvidos na parceria:

- Prof. Dr. Alessandro Moura Zagatto (coordenador do LAFIDE)
- Gabriel Motta Pinheiro Brisola (educador físico, aluno de doutorado)
- Elvis de Souza Malta (educador físico, aluno de doutorado)
- Rodrigo Araujo de Poli (educador físico, aluno de doutorado)
- Yago Medeiros Dutra (fisioterapeuta, mestre)
- Gabriel Machado Claus (educador físico, aluno de mestrado)
- Vithor Hugo Fialho Lopes (educador físico, aluno de mestrado)
- Julia Bombini Faustini (biomédica, aluna de mestrado)
- Cleber Ferraresi (fisioterapeuta, doutor)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.