Parceiro

Sesi Vôlei Bauru emite nota após relato de injúria racial em partida do Metropolitano sub 17


Atleta do Barueri teria sido vítima de ofensas oriundas da torcida presente no ginásio.
Foto: Reprodução Facebook 

Sesi Vôlei Bauru e Barueri fizeram na noite desta quarta-feira (22/05) suas terceiras apresentações no Campeonato Metropolitano sub-17 de Vôlei na cidade Bauru. O fato de ambas as equipes virem de vitória para esta partida e, sobretudo, o time bauruense ter vencido o duelo por 3 sets 2, infelizmente não foram suficientes para evitarem um fato inconveniente e descabido advindo da torcida presente.

De acordo com relato público do sr. Gilmar Venâncio, pai de uma das atletas da equipe da grande São Paulo, sua filha teria sido vítima de ofensas com cunho racistas:

"Um Pai indignado !!  Na noite de ontem ( 22/05) minha filha foi até Bauru defender o Barueri Sub 17 contra o @sesivoleibauru . E se os casos de Racismo q eu acompanho nos noticiários já é revoltante, imagine sendo com minha filha . A torcida local a chamando de macaca e outra coisas . Fui buscar ela agora a pouco (05:50) e qndo a vi tive q conter o choro, com aquele aperto no peito . Na revolta de eu não estar por perto . Q se estivesse, iria dar merda de vdd . Vcs da torcida do @sesivoleibauru q teve esse ato racista ontem ... Aguardem !", publicou em seu perfil no facebook.

Pai de atleta do Barueri se manifesta em rede social ante caso de injúria racial contra sua filha
Reprodução Facebook

A situação fez com o que a diretoria do time bauruense se pronunciasse declarando total repúdio ao ato além de dizer que "está apurando os fatos para, se comprovadas a informada, lamentável e revoltante atitude, tomar todas as providências cabíveis, inclusive legais, referentes ao caso". Confira abaixo a íntegra: 

"NOTA OFICIAL

O Sesi Vôlei Bauru vem a público solidarizar-se com o sentimento de revolta e indignação manifestado em post de rede social por Gilmar Venâncio, pai de jogadora do Barueri que relatou que sua filha teria sofrido uma ofensa de cunho racista oriunda da torcida presente ao jogo de ontem de sua equipe, válido pelo Campeonato Paulista das categorias de base, diante do Sesi Vôlei Bauru, em Bauru.

O Sesi Vôlei Bauru está apurando os fatos para, se comprovadas a informada, lamentável e revoltante atitude, tomar todas as providências cabíveis, inclusive legais, referentes ao caso.

O Sesi Vôlei Bauru não tolera e nem compactua com qualquer tipo e/ou forma de preconceito e os repudia de forma veemente, seja ele racial, sexual, social, de gênero, religioso e de todas as demais formas em que ele possa se manifestar.

Por isso, o Sesi Vôlei Bauru reafirma seu compromisso com o respeito à honra e a dignidade humana e que seguirá lutando de forma firme e permanente no combate ao preconceito no ambiente esportivo.

DIRETORIA SESI VÔLEI BAURU"

Diretoria do Sesi Vôlei Bauru se manifesta diante do acontecido
Reprodução Facebook

Com três vitórias em três jogos, o time bauruense ocupa a 3ª colocação e volta a quadra às 16:00 do próximo sábado (25/05) contra o Corinthians em casa. O Barueri, 5º colocado, só jogará no dia 07/06, às 18:30, contra o São Bernardo em Barueri.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.