Parceiro

Octávio Rasi sai na frente e leva virada do Parquinho

Rodrigo conduz a bola observado por Borebi autor do primeiro gol do Parquinho
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru

Em confronto válido pela décima quarta rodada da primeira fase da Copa Semel, União Octávio Rasi e Parquinho se enfrentaram na partida de fundo do Estádio Mirante Ferroviário no Jardim Guadalajara. A vitória levou o Tricolor do Vista Alegre às primeiras posições contando com a boa atuação do atacante Yago, autor de dois gols na partida que ajudaram a equipe a vencer o União Octávio Rasi de virada.

O jogo

Contando com ótimo sistema defensivo, o União mostrou logo no início da partida o motivo pelo qual está bem posicionado na tabela de classificação ao abrir o marcados com seis minutos de bola rolando após a defesa do Parquinho falhar e o zagueiro Elias escorar a bola pro fundo do gol.

A partir daí o união foi só pressão, fazendo marcação alta, dificultando a saída de bola adversária, que mesmo pressionada, saída da marcação com a bola no chão procurando trabalhar as jogadas sempre com os volante Ricardo Lopes e Curtinho.

O bom posicionamento de ambas equipes concentrou  as jogadas no meio de campo sem muita criatividade para chegar nas metas defendidas por Vinicius e Dida, goleiros do Parquinho e Octávio Rasi respectivamente.

Vendo a dificuldade de vazar a defesa do União, o Parquinho, através da experiência do atacante Borebi chegou ao empate após o camisa 9 arriscar chute rasteiro de fora da área e contar com a falha do goleiro Dida que espalmou a bola pro fundo do gol deixando o placar igualado.

Pouco tempo depois, o Parquinho, novamente em contra-golpe rápido, encontrou Yago de frente pro gol. O atacante finalizou rasteiro no canto direito, Dida desviou e a bola bateu na trave se perdendo pela linha de fundo.

Atacante Nick recebe marcação do defensor do Parquinho em jogada aérea
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru

Em seguida, foi a vez do atacante Cleiton acertar a trave esquerda de Dida em chute cruzado após contra-ataque veloz que deixou o jogador em condições de finalização.

Antes do fim do primeiro tempo, o União ainda perdeu grande chance de igualar o placar em contra-ataque armado por Ramon, deixando quatro jogadores do União contra um do Parquinho e na tentativa de jogada individual, Marcelo Santos interceptou o ataque aliviando a pressão adversária.

Sem alteração no marcador, as equipes guardaram fôlego pra segunda etapa diminuindo o ritmo do jogo até o apito do árbitro.

Com seis minutos de bola rolando no segundo tempo foi a vez do Parquinho ampliar o marcador e virar pra cima do União após cruzamento da direita que encontrou Yago bem posicionado na marca do pênalti para desviar a bola de cabeça acertando o canto direito de Dida.

O União, precisando do resultado promoveu mudanças no elenco afim de surpreender a defesa adversária e chegar ao gol de empate, porém, em falha individual do volante Ramos que acabara de entrar na partida, o Parquinho chegou ao terceiro gol com Yago fazendo o segundo dele na partida, tocando a bola na saída do goleiro.

Com o resultado construído no início da etapa complementar, o Parquinho passou a administrar o tempo e trocar passes esperando pelo melhor momento de atacar o adversário enquanto o União buscava alternativas para vazar a zaga.

A tentativa do União deu certo aos 39 minutos após cruzamento da direita que a zaga do Parquinho afastou parcial e a bola sobrou para Nick, de frente pro gol, finalizar sobre o travessão desperdiçando grande chance de recolocar a equipe na partida.

A vitória levou o Parquinho à quarta colocação com 26 pontos ganhos igualmente o Beija-Flor que folgou na rodada e o Redentor que foi derrotado pelo 100% Gasparini, ficando em desvantagem nos critérios de desempate. O União ocupa o sétimo lugar com 21 pontos somados.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.