Redentor e Parquinho ficam em igualdade

Borebi recebe passe observado pelo lateral Piticou do Peba
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru


Jogando o clássico na rodada doze da primeira fase da Copa Semel, Redentor e Parquinho fizeram partida truncada e faltosa, com destaque para o goleiro Carretel, do Peba, que trabalhou bastante no duelo para evitar o revés.

O confronto de fundo do Mirante Ferroviário começou movimentado, com ambas equipes chegando rapidamente às metas dando indício de que os gols era uma questão de tempo.

Aos 10 minutos surgiu a primeira boa oportunidade ao Parquinho com Borebi recebendo passe preciso na marca penal e na hora do arremate, foi interceptado por Ruan. O Redentor respondeu logo em contra-ataque veloz e após passe pelo centro do campo, Lutti de frente pro gol finalizou errado e a bola passou pelo lado esquerdo de Vinicius, que por sinal, encontrou sua ex-equipe onde foi finalista em 2018.

Chances claríssimas de gol foram poucas, principalmente com a boa rolando. A história poderia ter tomado outro rumo quando o volante Ricardo Lopes, em três cobranças de falta venenosas, testou a qualidade do arqueiro Carretel que prontamente passou segurança para a meta do Peba evitando em ambas a abertura do marcador e mantendo o placar zerado até o término da primeira etapa.

Baianinho acompanha atentamente a disputa de bola dentro da área do Redentor
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru

No segundo tempo, com o cansaço aumentando, as equipes optaram por substituições para dar mais fôlego para a sequência do período. Quem chegou primeiro à meta adversária foi o Parquinho, que logo no começo do tempo complementar obrigou Carretel a fazer mais uma defesa difícil em chute de longa distância do meia Zé em batida rasteira no canto direito do arqueiro que espalmou pra escanteio.

O Peba ficou muito perto de abriu contagem aos 15 minutos após Willian chegar na linha de fundo, fazer o cruzamento na medida para Nenê, livre de marcação, cabecear sobre o goleiro e a bola passar rente a trave direita e se perder pela linha de fundo.

A partida foi conduzida por Elizier Pereira que expulsou de forma confusa o diretor Daniel do Redentor alegando excesso de reclamação quando do fato, ambas equipes se manifestavam na beira do gramado.

Com o ponto somado, o Redentor chegou a 23 pontos mantendo-se na vice-liderança enquanto o Parquinho, com 20 pontos e ainda invicto, ocupa a sexta posição da classificação. Confira todos resultados:

Estádio Horácio Alves Cunha - Jardim Bela Vista
08h10 GR Nova Bauru 1X1 Desportiva Chapadão
10h10 AA Oriente 3X1 AA Luziana

Estádio José Spetic Filho - Vila Dutra
09h40 SE Parque Real/Fortunato 0X1 Comercial EC

Estádio Nelson Reginato do Canto - Jardim Redentor (Adiado)
08h10 União Octavio Rasi X Laranjeiras FC
10h10 EC Beija Flor X Diamante Negro SC/SE Estrela

Estádio Mirante Ferroviário (Triagem) - Jardim Guadalajara 
08h10 AE 100%Gasparini 2X2 A.Portuguesa de Bauru
10h10 EC Redentor 0X0 Parquinho FC


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.