Parceiro

Comercial e 100% Gasparini empatam e aquece a briga pelas semifinais

Técnico Foguinho observa atentamente o lance de ataque do Comercial
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru


Partida aconteceu na manhã do domingo no duelo de fundo do Estádio Mirante Ferroviário e contou com boa presença de público que prestigiou um duelo aberto e de oportunidades para ambas equipes que seguem vivas na briga por uma das vagas nas semifinais.

Com dois tempos distintos, a partida entre o Comercial, única equipe no futebol amador ainda invicta e o 100% Gasparini movido pela garra e união do grupo tomou proporções diferentes no decorrer do jogo, uma vez que o time comandado pelo Leandro Ávila, o Foguinho, manteve a postura que o coloca como invicto, endurecendo o combate e jogando com a equipe marcando presença no campo ofensivo.

A pressão inicial deu resultado aos 7 minutos, após cobrança de escanteio batido para o meio da área em que o lateral-direito Daniel Jr. subiu com o braço esticado, tocando na bola e provocando penalidade clara marcada por Milton Porto que estava muito próximo ao lance. Na cobrança, Felipinho deslocou Eduardo em batida no canto direito, colocando o Tigre em vantagem.

Com 20 minutos de bola rolando, o Comercial assustou novamente após Bruninho pegar rebote do cruzamento no terceiro poste e "chapar" de pé direito obrigando Eduardo a espalmar no reflexo; no rebote, o mesmo jogador do Comercial tentou marcar de cabeça mas Eduardo novamente fez milagre e espalmou a bola para escanteio.

Torcida marcou presença na arquibancada para prestigiar a partida
Foto: Juliano Gomes / Tá na rede Bauru

A resposta efetiva do 100% aconteceu aos 38 minutos em cobrança de falta batida por Daniel Piauí que buscou o ângulo esquerdo do goleiro Thiago que saltou pra espalmar e salvar o que seria o gol de empate.

Na volta do intervalo o cenário mudou e o que estava favorável ao Comercial inverteu de lado com o 100% Gasparini mais presente no campo ofensivo, pressionando a saída de bola em busca do gol de empate que aconteceu aos sete minutos, depois da jogada pelo lado direito do campo de ataque em que Naka recebeu passe dentro da grande área para bater firme e cruzado, no canto direito de Thiago, igualando o marcador e acendendo as chamas da partida.

Com ambas equipes precisando da vitória, o duelo seguiu aberto e muito movimentado e alternativa criada pelo 100% era sempre em bola parada nas cobranças venenosas do meia Daniel Piauí.

Com a partida se encaminhando para o final, Daniel Piauí, peça chave do elenco do Gaspa, teve nova oportunidade em jogada de bola parada aos 37 minutos, colocando o goleiro Thiago para trabalhar novamente, espalmando para escanteio, a bola que tinha endereço certo.

Muito marcado, o centroavante e artilheiro do campeonato Papelão pouco produziu na partida que terminou com o empate em um gol para cada lado.

Na próxima rodada, o Comercial terá missão difícil quando enfrentará, novamente no Triagem a equipe do Beija-For; Já o Gasparini decidirá sua permanência na competição diante do União Octávio Rasi na preliminar do Horácio Alves Cunha.

Beija-Flor garante vaga na semifinal

Jogando o duelo de fundo do estádio da Vila Giunta, o Beija-Flor venceu o União Octávio Rasi pelo placar de 1 a 0 com gol marcado por Felipe Barreto em cobrança de penalidade. O duelo, digno de equipes que brigam pra ir mais adiante na competição teve muita contestação por parte do União que reclamou a não marcação de duas penalidades em seu favor.

Felipe Barreto marcou gol que deu a classificação antecipada para as semifinais
Foto: Nino Felipe / Divulgação

Dessa forma, a equipe do Octávio Rasi decidirá sua vida na competição, na próxima rodada quando enfrentará o Gasparini no Distrital do Jardim Bela Vista.

Na preliminar do Padilhão, parquinho e Redentor empataram em dois gols e precisarão de vitória na próxima rodada para não ficarem em situação complicada com relação a classificação. O Peba duelará contra a Portuguesa na partida preliminar do Mirante Ferroviário, o Tricolor do Parque terá batalha duríssima contra o Oriente na partida de fundo do Bela Vista.

Na preliminar do Mirante, a Portuguesa que saiu vencendo no duelo tomou o gol de empate da equipe do Oriente e conseguiu a virada heroica nos acréscimos com golaço do meia Cleyton que manteve a Lusa na briga por uma das três vagas restantes.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.